Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Dia de amor...

por Rosinda, em 19.03.12
(Fotografia do meu pai, tirada cá em casa no Natal passado)
 

Hoje, como todos os dias, dei um beijo ao meu pai, logo pela manhã. Mais "repenicado" disse-lhe na brincadeira, hoje é o seu dia! Não me surpreendi com a resposta dele:

É mais um, minha filha, igual aos outros!

Tomamos o cafezinho e eu fui para a fisioterapia. Não fazia conta de lhe dar nenhum presente, afinal, eu gosto de dar presentes sem eles contarem, sempre que vejo alguma coisa que lhes faz falta e que posso comprar.

À tarde, fui comprar pão e para o fazer passo numa rua que tem uma florista. De repente veio-me à ideia que nunca tinha dado uma flor ao meu pai.

Olhei para umas rosas amarelas e apeteceu-me comprar uma para ele. A florista queria fazer um arranjo, mas eu não quis , apenas lhe pedi para colocar um laço. Como conheço bem a minha mãe, sabia que ia ficar com ciúme e também lhe comprei uma. Fui então fazer-lhes uma visita inesperada...

Foi o meu pai que abriu a porta. É ainda, apesar dos seus quase oitenta e quatro anos, um homem alto e forte e o abraço que me deu foi tão apertado que até me fez doer as costelas! Ficou feliz!

Fui então ter com a minha mãe, que, como sempre, estava aconchegada no sofá e dei-lhe a outra rosa. O meu pai olhou para mim e disse:

Não leves a mal, mas eu vou dar esta também à tua mãe. Toma Goinha... (diminutivo de Glória)

Então dá-me um beijinho, disse ela!

Fiquei a olhar para eles enlaçados a darem um "chocho" e a pensar que, mais que assinalar o dia do pai, aquelas duas rosas amarelas, assinalavam um dia de amor.

Gostava de ter tirado fotografia, mas foi um acto espontâneo ter comprado as rosas.

 

Que sorte eu tenho por ainda ter os meus pais...

 

Rosinda

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:46


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada