Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Mais "normal" :)

por Rosinda, em 02.04.12
Faz parte da minha filosofia de vida e digo-o muitas vezes; O homem fez-se para a mulher e a mulher para o homem, os dois se completam e se acrescentam, em vida, em amor. Contudo nem sempre as coisas correm bem.

Ao perdermos a pessoa amada sofremos bastante, eu não fui excepção à regra e veio a depressão, o isolamento e consequentemente os antidepressivos. Acredito que os medicamentos me ajudaram, mas, mudaram muito o meu temperamento, alteraram a minha vontade, a minha força empreendedora e o comodismo começou a fazer parte da minha vida. O Prozac, conhecido como o comprimido da alegria, fez o seu trabalho, para mim estava sempre tudo bem. 

Estava a deixar de gostar de mim e isso não me agradou. Resolvi deixar os antidepressivos. Fiz o "desmame" (para quem não sabe, não se pode deixar de repente) e já à duas semanas que os deixei definitivamente.

Mais "normal", já não digo "amém" a tudo.

Ao escrever este post, uma ideia aflorou na minha cabeça... será que a maior parte dos portugueses toma Prozac?

É que me parece que andamos todos tão acomodados...

"Há um desejo enorme de ser feliz. Na mesma proporção do comodismo de lutar por isso. Essas forças se anulam... E nada se resolve."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:58


12 comentários

De momentosdisparatados a 02.04.2012 às 23:04

Creio que todos lutam para serem felizes, embora ache que ninguém pode ser totalmente feliz.
Temos momentos de felicidade...uns muitos momentos outros infelizmente nem por isso.
De qualquer forma nunca devemos desistir de ter esses momentos.
Engraçado...hoje deu-me para ir ao meu diário e recordar momentos menos bons.
Quanto ao Prosac, nunca o tomei embora tenha tomado alguns há uns meses
Felizmente deixei aquilo tudo e até à data estou optima.
Cá para nós o medico queria dar cabo de mim. Beijinho

De Rosinda a 03.04.2012 às 20:25

A vida nem sempre é um mar de rosas e mesmo essas têm espinhos...
eu embora ache que em determinadas alturas este tipo de medicamentos são essenciais , por outro lado fazem muito mal.
Ainda bem que já são te são necessários e que não voltem a ser.
Beijinho
Rosinda

De Cenourita a 02.04.2012 às 23:35

Como eu compreendo... já sofri do mesmo "mal" e também já tomei Prozac e outros e também mudei, fiquei mais calma (ou acomodada, sei lá), fiquei com necessidade de estar mais só comigo. Apesar disso, fui e continuo a ser uma pessoa sempre alegre e bem disposta :)

Beijocas***

De Rosinda a 03.04.2012 às 20:32

Olá Cenourita,
É um prazer receber uma visita de alguém novo por esta janela!
Eu também tento ser uma pessoa alegre e amo a vida, contudo este medicamento dá-nos uma alegria "falsa". A verdade é que penso que se a depressão é causada por factos reais e não patológicos, então temos algum dia de enfrentar os problemas e andar para a frente...
Irei fazer-lhe uma visita, muito obrigada por comentar.
Beijinho
Rosinda

De luadoceu a 03.04.2012 às 10:45

https://fbcdn-sphotos-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/526993_383400175023856_239501572747051_1236775_1329867323_n.jpg

amiga....agora e sempre em frente
dias menos bons,dias melhores
mas deste um passo na tua vida, importante para ti
agora sorri..

beijinhos e se feliz

De Rosinda a 03.04.2012 às 20:34

Obrigada Lua, para a frente é que é caminho, é sim senhora!
Como diz a cantiga; para trás mija a burra!
Beijinho
Rosinda

De miilay a 03.04.2012 às 14:59

Rosinda, já tomei e ainda tomo mas outro, para ver a vida as cores, o que ultimamente tem rareado. Mas, fico tão contente por teres deixado, oxalá continues bem sem precisar deste amuleto.
Um abraço
miilay

De Rosinda a 03.04.2012 às 20:38

Miilay, eu espero conseguir, não me sinto deprimida e quero pensar que não vai voltar a acontecer, embora saiba que a depressão é "manhosa".
O único problema são os pesadelos, as minhas noites são terríveis, mas penso que mais um pouco de tempo e passará.
Beijinho grande
Rosinda

De Dá-me um abraço de Miguel Gameiro a 03.04.2012 às 20:57

Olá amiga!
Como dizes e bem a depressão é enganosa, ao primeiro contratempo volta a atacar. E eu que o diga. Tb começas-te pelo mas forte. Hoje em dia existe um grande leque de antidepressivos.
Quando é necessário que remédio temos em tomá-los, pois a depressão consegue minar uma relação quer amorosa, quer familiar.
Rezemos para que ambas não voltemos aos ditos cujos e que o mafarrico não esteja sempre atrás das nossas portas.
Fiquei muito aliviada, mesmo contente por ters voltado.
Um beijão
Goretti

De Rosinda a 03.04.2012 às 21:24

Olá amiga Goretti!
Na altura em que comecei esse tratamento mais que uma depressão eu tive dois desgostos muito grandes. Marido que se vai embora, pede o divórcio e casa com uma irmã de uma amiga, filho com cancro, acredito que seria necessário pois nem falar sem chorar eu conseguia.
Hoje o problema do filho está "controlado" o marido... que seja feliz. Penso que estava na hora de me sentir "limpa" desses medicamentos. Sinto-me mais "eu" mais "viva" em todos os aspectos...
Espero que a "manhosa" nos deixe em paz!...
Beijinho grande muito obrigada pela alegria demonstrada por eu ter voltado.
Rosinda

De golimix a 04.04.2012 às 18:59

Os medicamentos fazem o que têm a fazer e temos que nos valer deles sempre que precisamos. Ainda bem que passou à fase seguinte.
O blogue também é uma boa arma para se "soltar" o que anda cá dentro.

Pode ser que as pessoas acordem para a vida e para o que pode ser mudado, só pensando em uma coisinha "UNIÃO".
Acho que comodismo não tem nada a ver com Prozac, coitado ele não tem culpa só tenta ajudar. ;)

Bijix, que corra tudo bem

De olha_por_mim a 05.04.2012 às 12:14

Eu nunca tomei e a minha mãe experimentou tomar apenas uns dias mas deixou...ela preferiu sentir tudo e ñ andar a comprimidos...eu achei e acho q ela faz mal...mas é um desejo dela ser assim...ñ posso fazer nada...:)))
Ninguém é totalmente feliz...ñ digam q são porque ninguém o é...há sempre algo que nos faz falta...algo q nos preocupa...há sempre algo que não deixa chegar a felicidade aos seus 100%...
Beijocas grandes e desejo-te uma Páscoa muito Feliz

Comentar post



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada