Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Então...

por Rosinda, em 04.12.13

 

A arvore é a mesma, as flores do arranjo também, a boneca tem mais de vinte anos... enfim tudo está igual. Mas na verdade não está! Se as coisas materiais prevalecem, é porque cuidamos delas, arrumando-as de ano para ano com cuidado.  Pena que nem sempre consigamos preservar os sentimentos e o que num momento nos parece eterno, no instante seguinte se eclipse da nossa vida.
Tenho alturas em que me sinto usurpada da minha própria vida. Mas... É NATAL!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:03


3 comentários

De miilay a 04.12.2013 às 21:02

Rosinda ,Amiga lindo, o que interessa é o amor com que se fazem as coisas e neste caso o cuidado de perservar os bens materiais, e assim condeguíssemos o mesmo com as pessoas que passam nas nossas vidas.
Beijinho
miilay

De Existe um Olhar a 04.12.2013 às 21:57

Cada coisa que guardas são recordações que permanecem, pode nada ser como dantes, mas os momentos bons esses ninguém tos tira e além disso pensa...estamos aqui nós, a tua família adoptada, os teus amigos que sempre te felicitam e te mimam com aquela amizade que vem bem fundo dos nossos corações,eu por mim falo.

Beijinhos amiga

De DyDa/Flordeliz a 05.12.2013 às 01:20

É uma época em que ficamos mais sensíveis (digo eu!).

Se por um lado nos deixamos levar "na onda" e colorimos o ambiente e gostamos do que vemos...
O que nos vai na mente, nem sempre corresponde aos enfeites coloridos que gostamos de trazer e colocar para nos recordar que Dezembro é mesmo - NATAL.

Todos os anos digo: para o ano não coloco nada.
Todos os anos: volto a fazer de novo.

Porque se a alma está sombria, as cores, as luzes e uma sala colorida...enchem pelo menos o ambiente e afasta a tristeza ou traz-nos lembranças de momentos que nos arrancaram sorrisos.

A vida não é perfeita. A época está longe de ser de abundância. Há conflitos. Há acidentes. Há catástrofes quase todos os dias.

Mas caramba. Não pode ser tudo negro. Por dentro e por fora.

Recebe um beijo sarapintado de todas as cores.
E um sorriso sincero para enfeitar a tua árvore.

Beijo,
Dida
Tentemos no entanto que por momentos os olhos brilhem

Comentar post



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada