Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


AMAR... PERTINHO DO MAR...!

por Rosinda, em 28.11.09

 

                    

Ouvia as ondas a bater, de manso,

muito mansinho...

Um tango estava a dançar,

muito pertinho do mar...

Sentia uns fortes braços,

enlaçados em abraços,

 Quem era que sussurrava...

dizendo que me amava?

Pela resposta não esperava,

nem tão pouco importava...

Era tão bom estar assim...

Perdida nesse desejo...

De tão ansiado beijo...

Então ouvi-te dizer, sou teu...

Assim como por magia...

Entreguei-me a alguém que eu,

 nem sabia que existia...

Estava bem perto do mar...

Satisfeita a fantasia...

Eu queria fazer amor...

Pertinho do mar, um dia...

Acordei... estava a sonhar...!

 Minha boca ainda a  queimar...

com o  calor daquele beijo...

 Quem me matou de desejo?

 Ali.. pertinho do mar... 

(os meus versitos)

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 18:00

RENOVAR A VIDA

por Rosinda, em 25.11.09

 

Amor é um sentimento infinito e mais além,

faz parte da natureza... perfeita em sua beleza...

e há Amor com certeza, em muito que a vida tem!

Reparei nos belos tons de verdes muito verdinhos.

Não olhem só para as pedras que surgem...  

pelos caminhos...

 Desviai-vos com cuidado e sempre tende atenção;

Se mesmo assim tropeçares,ergue-te e segue!

 Aprende a desviar a pedra... tira dela uma lição...

 Olha em frente! E vê a vida... é bela!

 Cheia de cor

Amarelo,azul lilás e tons sem ter fim...

é tão bela a natureza...

 e podes ter a certeza, porque é sempre...

assim...

Tudo se vai renovando... até mesmo o Amor...

É assim a natureza... faz parte dela morrer...

para poder renovar-se, poder voltar a nascer...

                                              

(os meus versitos) M.R.

Até breve...

                  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:57

SORTE...!

por Rosinda, em 23.11.09

 

Sorte...! Te procurei!

Onde andas que não sei!

Sorte...! era isso o que pensava...

e nunca te encontrava..  sem rumo, caminhava,

procurando em todo o lado... mas sempre no lado errado...

Sorte...! Talvez exista...

não sei... sei que nunca encontrei..

Loucura tal pensamento.

Eu... como todos vós...

procuramos nossa sorte,

com ela dentro de nós...

 

 (os meus versitos)

 

 

ATÉ BREVE... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

MAGIA DE SONHO E CORES...

por Rosinda, em 20.11.09

QUERO SER LIVRE E VOAR... A FELICIDADE ENCONTRAR...

               

        

                    QUERO PINTAR COM MIL CORES,,

                    O OUTONO DO MEU VIVER...

                    QUERO SEM FALSOS PUDORES,

                    PINTAR A VIDA DE CORES  E SER...

                    LIVRE COMO UM PASSARINHO...

                    VOANDO PARA ONDE QUER...

                    HORIZONTES DESCOBRINDO,

                    NÃO ESQUECER QUE SOU MULHER...

                    HEI-DE VER UM ARCO-ÍRIS BRILHANDO,

                    PENSAREI QUE ESTOU SONHANDO,

                    COM COR ASSIM TÃO GARRIDA...!

                    SÃO AS BELAS CORES DA VIDA...

                    POSSO EM QUALQUER ESTAÇÃO,

                    SONHAR COM MUITA ALEGRIA...

                    VOA LIVRE O CORAÇÃO...

                    E FAZ DA MINHA ILUSÃO...MAGIA!

 

                          (os meus versitos)

                        Rosinda

ATÉ BREVE...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:05

É TRISTE O NOSSO SISTEMA DE SAÚDE

por Rosinda, em 18.11.09

post nº 100 

                                                                            

COMO PROMETI CÁ ESTOU EU COM O MEU POST Nº100  

 

Gostava que fosse um post alegre, em que eu pudesse dizer maravilhas do mundo da sociedade e do nosso sistema de saúde, contudo infelizmente não posso fazer isso, porque a realidade é bem outra e jamais faltaria á verdade...!

Como sabem os que lêm este blog, eu tinha uma cirurgia marcada há bastante tempo, tendo recebido até um daqueles cheques vales para ser operada mais rapidamente noutro hospital, recusei, como motivo indiquei que queria ser operada pela médica que me acompanhava nas consultas e fiquei á espera...

Chamaram-me para consulta de pré operatório há cerca de dois meses. Fui atendida por outro médico e perguntei porquê, era o Director de cirurgia e respondeu-me que não me podia manter mais tempo á espera e como a sua médica não pode operá-la em tempo adequado por razões que tem a ver com doentes oncológicos, a Sª será operada por um bom cirurgião no dia 16 de Novembro. Concordei, as razões eram válidas e ele deu-me então um cartão de internamento que guardei, onde dizia que seria internada no piso 6 (cirurgia) ás 9,30 e que podia tomar pequeno almoço.

Apresentei-me então no piso 6 no dia 16 como combinado.

Depois de passar na secretaria onde fiz observações dos antibióticos que tinha tomado recentemente por ter cortado um dedo e explicando que tinha os pontos do dito dedo para tirar.

Tudo foi anotado e mandaram-me aguardar na sala de espera que depois chamavam. Assim fiz. Passou até entretanto a minha médica habitual e disse-me que ia correr tudo bem...! Agradeci e continuei á espera.Apercebi-me de grande desorientação e muita desorganização, não havia camas no piso de cirurgia e não sabiam que fazer. Sempre na minha esperança de que tudo ia correr bem continuei á espera, até que por volta das 13 horas veio uma enfermeira dizer que tinha que ir para o piso 7 para o serviço de Otórrino, porque não havia camas. Perante algumas perguntas explicou a mim e mais 4 pessoas, que era tudo feito da mesma forma e que logo que fosse possível passaríamos para o piso da cirurgia. Assim lá fomos nós para onde nos mandaram, sendo-nos indicadas as respectivas camas. Não sei o que se passou com os outros pacientes, espero que tenham tido muita sorte e que tudo lhes tenha corrido bem.

Quando chegou a hora da cirurgia (17h) veio um auxiliar buscar-me para o bloco, onde esperei só´cerca de 10m e dirigiu-se a mim alguém que disse ser anestesista, para eu assinar o documento da autorização da anestesia, embora já tivesse assinado todos os documentos, na consulta efectuada meses antes, voltei a assinar... estava confusa, desorientada...

Já dentro do local da cirurgia, apercebi-me que me iam aplicar epidoral e assim foi, por qualquer razão que desconheço, (não sou médico) não foi suficiente e a dada  altura, ouvi-os dizer; temos que aplicar geral. Senti aflições horriveis até essa altura, desci ao mais pequeno que um ser humano se pode sentir. Estive no recobro cerca de 3h, vomitei imenso e não me sentia nada bem. Aos poucos fui ficando ligeiramente melhor e levaram-me para o quarto, partilhado com duas crianças operadas á garganta. Pusera-me mais soro e ali fiquei até ao dia seguinte ás 14h. As enfermeiras não me sabiam dizer se tomava os meus medicamentos se me podia levantar e lavar, enfim não sabiam nada, porque não era o serviço delas.Então ás 14h como disse veio um jovem médico falar comigo, para me dizer que tinha que ir embora porque tinha sido operada em serviço de ambulatório e tinha alta. Como sabe disse ele, tinha um buraco na cicatriz da cirurgia anterior e o intestino estava fora, metemos para dentro, tiramos a hérnia e cozemos. Agora tem de ter 2 meses de repouso, não se baixar, nem pegar em pesos, tem consulta no dia 16 de Janeiro. Fiquei de boca aberta... disse-lhe para desculpar, mas que parecia que estava a falar de chouriços, falei da desumanidade e dos meus direitos... mas, deu-me boa tarde e virou-me as costas. Apesar de lhe ter dito que tinha dores e vómitos, não me receitou qualquer tipo de medicamentos.

Apresentei queixa no livro de reclamações. Assim voltei para casa com carta para entregar ao médico de família que por acaso nem veio hoje, por motivos pessoais, assim me foi dito.

Costumo usar muito esta frase:

SE NÃO PODES LOUVAR... CALA-TE.

Infelizmente, não posso louvar, nem vou calar-me. A minha médica está para um congresso, disseram-me quando tentei contactá-la hoje de manhã, tenho outra cirurgia com consulta para dia 17 de Dezembro, onde vou buscar a coragem? Onde encontrar a segurança? O que fazer? Talvez ligar para a Sic e mais uma vez mostrar ao mundo como andamos nós por cá...!

Assim foi como tudo aconteceu, mas acredito que do meu lado estava Deus e a positividade dos amigos e da família, por isso apesar de enjoadinha e com algumas dores estou aqui, para vos agradecer a todos o vosso carinho. Responderei a todos pessoalmente, mas aos poucos, faz-me ainda impressão olhar para o écran do computador.

beijos e um muito obrigada a todas...!

Maria Rosinda (onix)

ATÉ BREVE...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:36

AMIGOS PARA SEMPRE

por Rosinda, em 13.11.09

Gosto muito de todas as amigas que me têm dado tanto carinho, apesar de não nos conhecer-mos pessoalmente, já fazem parte da minha vida, vocês minhas queridas são seres humanos muito bonitos,sei que algumas estão tristes, outras cansadas e sem tempo, algumas estão doentes ou tem o filho doente, ou está com problemas como o amigo homem Free...

Enfim todos estão no meu coração...

O que faz com que tenha o dever de vos dizer que vou estar ausente dos blogs por algum tempo. Tenho uma cirurgia na próxima 2ª feira. Não sei quanto tempo vou ficar internada, mas prometo que logo que me seja possível darei noticias. Amanhã quero deixar tudo em ordem cá em casa e na casa da minha mãe.Sábado e Domingo quero sai... andar por aí a ver os enfeites de Natal. Virei ao blog apenas para ver comentários e responderei até Domingo á tarde. Já conhecem o meu olhar, está em cima no perfil, agora deixo-vos o meu sorriso, um sorriso de fé e esperança no Amor e na Amizade.

Fiquem com Deus que eu vou com Ele a Família, os Amigos e as minhas cadelinhas (porque também gosto muito delas) no meu coração... Beijos e abraços apertados para todos...

                               

 

 Até breve...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:40

RENASCER

por Rosinda, em 12.11.09

          

             São apenas desabafos... palavras de amor dorido...

             são palavras sem sentido, perco o fio á meada, 

             não sei nada... sei apenas que te amei e chorei,

             porque partiste, mas não choras-te nem sorris-te.

             Porém levas-te contigo, todo o tino todo o rumo...

             e tudo o que chamava vida se esvaneceu como fumo...

             Mas vou erguer-me das cinzas...

             com valentia! Sou mulher... dou vida a outro ser...!

             Posso sempre se quiser... erguer-me de entre as

             cinzas e como uma Fénix renascer...!

 

Rosinda

ATÉ BREVE...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:14

VAMOS TENTAR...

por Rosinda, em 07.11.09

 

                 DEIXA O MUNDO ENTRAR

                             

                                         

                                      
Quantas vezes vais olhar para trás
Estas preso a um passado que pesou
Quantas vezes vais ser tu capaz
Fazer sair quem por engano entrou

Abre a tua porta
Não tenhas medo
Tens o mundo inteiro
A espera para entrar
De sorriso no rosto
Talvez o segredo
Alguém te quer falar

Olha em frente e diz-me
Aquilo que vês
Reflexos de quem conheces bem
Ouve essa voz, é a tua voz
Atenção e a razão que tens


Deixa o mundo girar para o lado que quer
Não podes parar nem tens nada a perder
Estas de passagem,
Não leves a mal se te manda avançar
Talvez seja o sinal que não podes parar
Estas de passagem

Vai aonde queres
Ser quem tu quiseres
Estende a tua mão
De quem vier por bem.


Deixa o mundo girar para o lado que quer
Não podes parar nem tens nada a perder
Estas de passagem,
Não leves a mal se te manda avançar
Talvez seja o sinal que não podes parar
Estas de passagem



só de passagem
estou de passagem para outro lugar.

 

Polo Norte

 ATÉ BREVE...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:26

DEIXA-ME FALAR

por Rosinda, em 05.11.09

                                  

                                    

                      Deixa-me falar...

                      Dizer o que sinto e me vai no peito,

                      Reclamar e aclamar de qualquer jeito...

                      Deixa-me falar...

                      Porque se calar o que sinto, fico agoniada...

                      Se não falar o que sinto, fico recalcada...

                      Deixa-me falar...

                      Eu sei que o meu grito, clama a verdade...

                      E tão raramente carreguei comigo a Felicidade...

                      Deixa-me falar...

                      P'ra que acabe a tortura neste desabafo...

                      E acabe também todo este cansaço...

                      Deixa-me falar...

                      Quero ser feliz, arrancar-te de mim...

                      Porque não mereces tanto amor assim...

                      Deixa-me falar...

                      Que fizeste tu dos nossos momentos...

                      Eram só palavras e não sentimentos...

                      Deixa-me falar...

                      De dia para dia, perdendo eu vou...

                      Aquele amor que tinha, já quase acabou...

                      Deixa-me falar...

                      Ainda não sabes, breve vais saber...

                      Não perde só um, são dois a perder...

                      Deixa-me falar...

                      São paixões vazias aquelas que sentes...

                      Enganando-te a ti cada vez que mentes...

                      Deixa-me falar...

                      Quero que um dia, olhes para ti...

                      E que esse cérebro amodorrado ,

                      Desperte e te vejas, como eu te vi...

 

                       (os meus versitos) M.R.F.H.

ATÉ BREVE...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:25

MAR...

por Rosinda, em 03.11.09

 

QUISERA EU Ó MAR!

VER-TE AGORA Á NOITINHA...

NA AREIA CAMINHAR...

COM ESTA CHUVA MIUDINHA...

 

E VER-TE AO AMANHECER...

COM LEVE BRISA A ROÇAR...

MEUS CABELOS A ESVOAÇAR...!

QUISERA EU Ó MAR!

 

MAS FECHO OS OLHOS E SINTO...

CONSIGO ATÉ... CHEIRAR...

ACREDITA, EU NÃO MINTO,

TAMBÉM SE VIVE A SONHAR...

 

 QUISERA EU...Ó MAR...

ATÉ BREVE...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:31

Pág. 1/2



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada