Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Saudades e abraços...

por Rosinda, em 30.07.11

 

 

 

Tenho perfeita consciência da minha insignificância, mas aumenta consideravelmente, perante a beleza do Universo.

Meus amigos cheguei bem. Não será fácil escrever muito, mas irei dando noticias. Prometo responder e visitar todos quando voltar.

Enquanto estiver por aqui só poderei ir colocando algumas fotos e algumas breves palavras.

Já tenho saudades...Um abraço para todos. Rosinda

 

PS: Inevitavelmente pensei em ti Flor e nas fotos maravilhosas do teu pôr de sol...{#emotions_dlg.happy}

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:09

Até breve...

por Rosinda, em 26.07.11

 

Digo adeus por uns tempos, mas jamais vos tirarei do meu coração.

 

Até breve...

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:59

Palavras sábias

por Rosinda, em 21.07.11

O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal  num copo de água e bebesse.
- Qual é o gosto? – perguntou o Mestre.
- Mau... disse o aprendiz.
O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse noutra mão cheia de sal e levasse a um lago. Os dois caminharam em silêncio e o jovem deitou o sal no lago. Então o velho disse:
- Bebe um pouco dessa água. Enquanto a água escorria pelo queixo do jovem o Mestre perguntou:
- Qual é o gosto?
- Bom! disse o rapaz.
- Tu sentes o gosto do sal? Perguntou o Mestre.
- Não, disse o jovem.
O Mestre então, sentou-se ao lado do jovem, pegou nas suas mãos e disse:
- A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando sentires dor, a única coisa que deves fazer é aumentar o sentido de tudo o que está à tua volta. É dar mais valor ao que tens do que ao que  perdes-te. Por outras palavras:

 

É deixares de Ser copo para te tornares um Lago.

 

(Desconheço o autor. Penso que é um pensamento Budista)

 

 

E como amanhã já é sexta feira, aproveito para desejar a todos ;

Bom fim de semana!

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:16

O bom e o mau,para tempero da vida.

por Rosinda, em 18.07.11

Sem dúvida não me posso queixar do fim de semana. Decorreu da melhor maneira. No almoço de Domingo tive alguma da família reunida, três dos cinco filhos, três dos cinco netos e os meus pais.

 

 Consegui tirar uma fotografia muito fixe ao meu Alex

Enfim... foi um Domingo óptimo!

 

Hoje segunda feira... a manhã foi de alegria e tive o prazer de conhecer pessoalmente uma amiga aqui dos blogs e o marido. Adorei, houve empatia e penso que com o tempo aprofundaremos esta amizade, assim espero e desejo.

A tarde foi... para esquecer...

Tive que ir ao Centro de saúde logo a seguir ao almoço para arranjar consulta para a minha mãe, fui por volta das 13h e 15m, deixando ainda a minha filha a almoçar, só às 16 tive confirmação da consulta e fui então buscar a minha mãe.

Entretanto aconteceu uma coisa péssima enquanto esperava pela consulta e embora pareça ficção o que se passou comigo esta tarde eu passo a contar:

Encontrei uma senhora conhecida, sem ter com ela grande intimidade era cliente do meu café e depois que o passei, nunca mais a vi, até hoje claro!

Cumprimentamo-nos e vi que a senhora tremia e não estava nada bem, pedi que se sentasse e eu guardaria a sua vez, assim fez.

Estava de costas para o lugar onde se sentou e não me apercebi do seu mau estar a não ser quando ouvi o meu nome ser gritado e ela me tocou no ombro, desmaiando de seguida, ali aos meus pés. Claro que fui chamar médicos, bati em várias portas de consultório e depressa foi socorrida. Apercebo-me entretanto que eu tinha o telemóvel dela na minha mão e alguém falava, era o marido que estava a falar com ela quando desmaiou. Atendi e expliquei o que se passava. Entretanto os médicos já haviam chamado o INEM e levaram a senhora para o hospital, não me deixaram acompanha-la e voltei a ligar ao marido para que fosse direito ao hospital. 

À pouco liguei para o hospital e a senhora não está nada bem. Parece que estava com arritmias e fez um enfarte.

Espero que recupere , ainda é uma pessoa relativamente nova , penso que terá perto dos cinquenta anos.

Ok... cheguei a casa por volta da 18h e 20m. Cansada, aborrecida e triste como fico sempre quando me vejo impotente perante situações assim.

Mas ainda tinha mais uma coisinha para me fo...er o juízo!...

 

Esta é a minha cama, assim de repente não se nota nada de especial, mas se olharem bem verão que está assim:

 

 

 

 

Não sei como, mas a minha cadela deve  ter entrado no meu quarto e a porta fechou-se com ela lá dentro. Talvez aflita por se sentir presa rasgou a capa do edredão, a colcha e uma almofada... Fiquei com pena pois este tecido de linho é difícil voltar a arranjar.

Mas como não vale a pena chorar pelo leite derramado, que se lixe!

Estou cansadíssima... amanhã verei as novidades dos meus amigos e amigas.

Espero que o resto da semana decorra bem para mim e para todos...

 

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:24

Bom fim de semana!

por Rosinda, em 15.07.11

 

 

 

 Foi com estes rapazes que saí ontem, para mim são lindos...

Acabei por me aperceber durante a conversa que já havia um ano que não ia ali ao Largo da Oliveira.

Fica apenas a uns dez minutos de casa se for a pé. Fazem-se lá espectáculos ao ar livre e é muito agradável.

A Associação dos Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães (AAELG) celebra meio século de vida, no dia 16 de Julho (sábado à noite).

A data será evocada no Largo da Oliveira, com a exibição de um Sarau Comemorativo, onde serão repostos alguns números das Danças de S. Nicolau, seleccionados de representações anteriores.

Fica a sugestão...

 

Desejo a todos um   BOM FIM DE SEMANA!

 

Rosinda

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:26

Bem bom!

por Rosinda, em 14.07.11

Vou tomar um cafezinho com dois rapazes maravilhosos... uns gatos!  Depois conto...

Au revoir mes amis...{#emotions_dlg.happy}

 

Rosinda

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:39

Surpresa...!

por Rosinda, em 12.07.11

 

(eu,com flores nos olhos)

 

Estava eu atarefada a fazer o almoço, quando tocou a campainha de casa. Estranhei...  e sem sequer espreitar pelo zarolho, abri abri a porta.

Surpresa!

Abracei-o com força, chorei, ri e falei, falei pelos cotovelos...

Era o meu filho Miguel e o meu neto que tem o mesmo nome do pai. Deveriam vir de férias só no início de Agosto, mas como ainda não está a trabalhar e o meu neto entrou de férias escolares, resolveu vir um pouco antes. A minha nora só virá em Agosto.

Foi tão bom, mas tão bom rever o meu filho...

Está bem, assim me pareceu. Conversamos e vai fazer de novo exames em Setembro. Está com óptimo aspecto.

O meu neto, com quinze anos, é um adolescente com alterações vocais, grande e magro... ( nós velhotas temos a mania de os querer gordinhos)lol.

Concluindo hoje foi um dia muito bom e partilho com todos a minha alegria.

Todo aquele que conseguir a alegria deve partilhá-la
(Lord Byron)


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:21

Feliz Aniversário Carla e Adélia

por Rosinda, em 11.07.11

Hoje duas flores do meu canteiro fazem anos, então cuidadosamente as acarinho com a minha amizade e votos de que a vida lhes traga tudo o que merecem.

 

 

 

 CARLA (lua do céu) E ADÉLIA(rodrigando) QUE HOJE FAZEM ANOS,

VOTOS DE UM DIA CHEIO DE COISAS BOAS... PARABÉNS!

 

Grande abraço e muitos beijinhos.

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:26

Eu tenho o meu pequeno jardim...

por Rosinda, em 08.07.11

Mesmo que as pessoas mudem e suas vidas se reorganizem, os amigos devem ser amigos para sempre,

mesmo que não tenham nada em comum, somente compartilhar as mesmas recordações.
pois boas lembranças, são marcantes,e o que é marcante nunca se esquece!

Uma grande amizade mesmo com o passar do tempo é cultivada assim!

 

Vinícius de Moraes

 

Votos de  BOM FIM DE SEMANA!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:12

O que é preciso para ser feliz?

por Rosinda, em 06.07.11

 

Alterei a minha rotina. Normalmente uma das primeiras coisas que faço de manhã é ir à minha mãe. Depois de lhe preparar os medicamentos costumo ir tomar um cafezinho com ela, dávamos uma pequena caminhada, levava-a de volta para casa dela e depois é que começava a fazer as minhas coisas.

Um dia destes, dei comigo a pensar que passava no lugar onde habitualmente faço as compras durante essa caminhada que dávamos, então porque não levar a minha mãe comigo às compras? Assim evito a segunda caminhada e o tempo, que acaba por se fazer curto, para arrumar a minha casa da parte de manhã, como eu gosto.  Assim tenho feito.

Hoje andamos um pouco mais, pois precisava de comprar a tinta para pintar o cabelo, a loja onde o faço, fica um pouco mais longe, mas ela lá me acompanhou com relativa facilidade, mais devagar... mas chegamos.

Passei depois pelo Pingo Doce para fazer umas compras. Estava já na caixa e passou um belo exemplar do sexo masculino, olhei... "com olhos de ver" pois valia a pena!

Perto de mim estava uma senhora bem mais nova que eu, e a minha mãe, que me perguntou:

Conheces o rapaz?

Respondi:

Não mãezinha... estava só a consolar as vistas!

A minha mãe, que hoje estava óptima, não se surpreendeu com a resposta, apenas sorriu, conhece-me bem. Agora haviam de ver a cara do senhora que estava perto de nós! A mulher olhou para mim com uns olhos que, se fossem balas eu não estaria aqui!

Porque será que a maioria das mulheres não assume que gosta de olhar o que é bonito? Será que isso só é permitido aos homens? Lol...

 

Mais tarde a minha mãe já não estava tão bem... e telefonou-me muito alterada:

Ó Maria, perguntou; Tu levaste-me a minha gilete de depilar as pernas?

Mãezinha... a sério, para que traria eu a gilete? Eu tenho as minhas e se precisasse não o faria sem lhe dizer...

Não sei que se passa... disse ela, anda por aqui "bruxedo" desaparece tudo!

Não desaparece nada minha mãe, tenha calma e veja se consegue lembrar-se onde guarda as coisas...

Depois de um "Ó" de chateada desligou.

Passado um bom bocado voltou a ligar, a gilete tinha aparecido.

Perguntou-me se estava zangada e respondi que não, como é óbvio (aliás não estava mesmo, já me habituei...).

Então amanhã vamos tomar o cafezinho?

Claro mãezinha, mas não vamos andar tanto, pois tenho de ir buscar os seus exames e a mãe sabe que ainda é um pedaço, portanto vou sozinha...

E vais a pé? pergunta surpreendida.

Claro! Não tenho carro, nem asas!

Respondeu:

Não tens asas, porque não nascem, senão tinhas...

Silêncio do meu lado, como sempre que alguém me toca o coração... fiquei emocionada. Que coisa mais linda!

Amanhã será mais um dia... que seja para todos o melhor possível.

Rosinda

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22

Pág. 1/2



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


tradutor

Site Meter

Pesquisar

Pesquisar no Blog  




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Obrigada pela visita


análise web site


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada