Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


HOJE VOU FALAR DE AMOR

por Rosinda, em 30.01.10

 

Hoje apetece-me falar de amor. Não pretendo e nem quero ferir a susceptibilidade de ninguém, não sou psiquiatra, vou somente

escrever sobre o que penso do amor, esquecendo um pouco o sonho, a fantasia, a ilusão e  outros sentimentos inerentes e baseando-me um pouco na minha história de vida e de outras que conheço.

O amor tem várias vertentes, vou falar do amor entre homem e mulher.

 Falar do amor de mãe, família, amigos e amor ao próximo... seria mais complicado, para não dizer catastrófico, pois penso que infelizmente cada vez há mais desamor, talvez se deva ás exigências da vida; exagerada de ambição e egoísmo.

----------------------------------------------------------

Quando chegamos á adolescência o nosso corpo desperta para

a sexualidade, logo aí começa o erro, muito especialmente as mulheres (alguns homens também) associam essa emoção física ao amor. Assim, arranjam namorado e entregam-se de corpo e "alma". Encetando uma relação que leva ao casamento ou á vida em comum. 

Enquanto durar o estado de graça, versus paixão, vão tendo oportunidade de se conhecerem melhor e poder ou não desenvolver outro tipo de amor, que não podendo deixar de ter paixão, tem de avançar para a compreensão a amizade e respeito mutuo. Mas muitas vezes confundindo sentimentos isso não acontece...Aí vem a decepção, e as frases eu merecia melhor... A vida passa a ser um eu ... constante.

Assim, quando aparece alguém que nos atrai fisicamente, a história começa de novo; E muitas vezes a relação é igual ao fim de pouco tempo. 

Quando se atinge um certo conhecimento da vida, a que muitos

chamam maturidade, já vão entrar noutra relação com mais cuidado e segurança; Se pelo contrário continuam a sonhar com o amor perfeito... volta a ser um fracasso!

Há felizmente, quem tenha a sabedoria suficiente e consiga construir o amor para toda a vida, penso que terá de ser um amor versátil; que vai mudando a cada dia...como a pessoa que o sente (tudo muda) Mas continua a ser amor...

Há aqueles que vêm o amor só como um acto de constante paixão... e a paixão é muito inconstante; quando se vive o dia a dia, com todas as nossas imperfeições e rotinas... e traições!

O amor verdadeiro, na minha opinião, poucos sabem ao certo o que será, e muitas vezes o procuram quando já o têm ali... mesmo a seu lado... 

 Rosinda

                                                  

"Os homens cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim e não encontram o que procuram. E, no entanto, o que eles buscam poderia ser achado numa só rosa" 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:18


7 comentários

De ♥ Flor Cintilante ♥ a 30.01.2010 às 12:36

Um post mto interessante e que deixa mta gente a reflectir, não falo por mim que por experiencia própria sei que é precisamente assim,
mais uma vez falando por mim, quando se chega à chamada idade madura ou seja...quarenta e hãis o sexo não está acima de tudo, mas sim o carinho mutuo, os gestos, onde acima de tudo o companheirismo, cumplicidade carinho, ternura, e amor estão acima de qualquer acto sexual isso chega e vem por acréscimo porque faz parte do ser humano partilhar tb esse prazer que os corpos nos proporcionam.

Beijinho cintilante***minha amiga

De Rosinda a 30.01.2010 às 18:43

Olá Flor , é claro que esta é a minha forma de ver as coisas, mas tenho que admitir que as minhas escolhas não deram certo. Parece que não atingimos eu e ele o mesmo patamar em relação à vida.
Amar é caminhar na mesma direção... e jamais alguém será feliz em cima da infelicidade de outrem...
Beijinhos linda... lê o post que coloquei no Lar amigos e eu, talvez gostes...

De *FreeStyle* a 02.02.2010 às 06:50

Está-se sempre a aprender, até á hora da morte, eu já aprendi bastante, mas sei e tenho a certeza que mto mais aprenderei, principalemente "O Amor".

revejo-me neste texto, estou completamente de acordo ctg e acrescento que o Amor, nunca ninguem o conhecerá na sua plenitude, pk como dizes tu e justamente, haverá sempre algo a mudar.

Adorei o teu post onix.



Bêjuuuuuuuuu

De Rosinda a 02.02.2010 às 18:10

Amigo Free, é complicado falar de amor...
Nos poemas é fácil... fantasia a mais!
Na vida real, o amor é cada vez mais um sentimento inconstante...
Felizes dos que conseguem ir mudando conforme a vida, as rotinas...
as mudanças fisicas.... coisas que nem deviam ser importantes, mas que com o tempo passam a ser...
Vai-se aprendendo sempre...
Um abraço

De luadoceu a 02.02.2010 às 20:55

Onix como estás?

Desde já quero agradecer te de coração teres me adicionado as tuas amizades. foi com grande alegria e supresa que me apercebi disso. E fiz o mesmo com muito gosto e respeito.

Falando deste tema, realmente é contorverso e há muitas formas de amar e amor (ate desamor) há.
O que posso dizer do Amor, é que neste momento amo e respeito muito meu homem, pelo homem que é no todo, pelo homem que é para mim e para nossa filha. Mas, sim, quem me diz que ele é o amor da minha vida? Acho que so o tempo e continuidade o dirão, não sabemos dia de amanhã, mas no momento posso dizer com mais maturidade que é o Escolhido para fazer parte da minha Vida até Morrer, até quando ele, meu homem me quizer e que pela primeira vez sinto me responsavel para cuidar de nós, não so pela menina que nos deu, mas pelo amor que lhe tenho. Saber se será o unico? Como disse, o tempo , continuidade, responsabilidade e maturidade o dirá. Mas será que é muito dizer que outro igual a ele não há? Que me aceita como eu sou, apesar de ser uma refilona, mas que é para seu bem e da filha? Eu sinto que ele será o unico, mas posso errar dando certezas...até ver...será...

Quanto a um tema de outro blog. So do pouco que li e bem explicado considero te uma mulher corajosa e de armas , que acredita no Amor e vive o...Pelos vistos não te fechaste o suficiente ainda para o viver e é assim mesmo. E filhos são o maior Bem do Mundo...porque não te los quando há amor?

Bjo e espero que nossa amizade fortaleça...porque acredita do pouco que li admiro te

De Rosinda a 03.02.2010 às 11:06

Olá Lua do ceu... ontém andei a passear pelos teus cantinhos, gostei.
Já me tinhas comentado no blog sonho de natal, achei que gostava de te ter como amiga. Pareces uma pessoa simples, sem grandes complicações e desculpa o egoísmo... mas preciso conviver com pessoas assim. Ando demasiado amarga...
Em relação ao que eu penso do amor... posso nem estar correta! é tão difícil descrever ou falar de : o que é o amor!
Neste momento da minha vida, em que não consigo deixar de amar quem não merece.... só posso dizer que se for amor verdadeiro... será para sempre. Acho que amamos só uma vez de verdade... o resto são outro tipo de amor...
Obrigada, o teu comentário deixou-me satisfeita, ainda bem que és feliz com o teu marido e filhinha...
Os filhos, esses são o nosso maior tesouro, tenho 5 filhos e 5 netos, nesse aspécto sou feliz.
Beijinhos minha querida e que Deus te ilunine para que possas continuar a ser feliz.

De luadoceu a 03.02.2010 às 13:15

Obrigada
Ainda hoje disse ao meu homem.
Sinto me feliz. Apesar de ter consciencia que sou refilona, mas e para o bem comum, dos tres. Nao interesse individual percebes?
Não tenho trabalho, estou desempregada, com subsideo de desemprego ate 2011, é certo, mas por opção no momento, mas irei ter trabalho, se a vida e as empresas mo permitirem, me derem credito.
Mas com a vida que tenho, o bom ordenado do meu homem( e nao e licenciado), a casa que tenho, a facilidade ainda de ter dois animais (cão e gato) ehehehe, uma menina dos nossos olhos, bebe facil (Deus abençou me), podia não ser, mas é, estou, posso dizê-lo feliz, sim, muito.

Não sei o dia de amanhã, mas pela primeira vez vivo o presente e deixei o passado e não penso no futuro, nem do da minha filha, que com o tempo dirá a sua sentença, ela escolherá.
Mas nem sempre foi assim, estive dois anos sensivelmente muito desanimada, desacreditada, em baixo ate, com principios de depressão e não gostava de mim.Não preciso de psicologo algum para me dizer isso de mim...Estava desempregada em longa duração e não havia meios de me empregar e sair dali, ate que um dia na minha luta de procurar trabalho que o tive, conheci meu homem e devo a ele e conhecimentos sair do poço e ate criar uma vida com ele e gerar a minha linda menina, luz de meus olhos, orgulho tb do pai.
Até podia ser um post, mas pq deixo meu desabafo aqui, que lerás tu e quem quizer é livre de comentá-lo e de me visitar.

Ja senti desamor, ja senti paixão platonica, ja estive apaixonada correspondida e até não. Ja senti ilusão e desilusão. Ja gostei de quem não mereceu, já gostarm de mim e eu não merecia. Mas sei que meu homem é o amor agora da minha vida. Mas o Grande, Grande amor da minha vida tive o (foi meu primeiro namorado) e a vida não me deu oportunidade de ser ele até morrer, é porque se calhar não era o certo para mim, que neste momento é este o certo para mim e é por isso que não deu certo....Por isso so temos um Grande Amor nas nossas vidas, o que nos torna mulheres, lutadoras, mas temos é amores e agora meu homem é o meu amor, mas não o priemrio, esse já o foi.

Sou simples, tens razão no que afirmas, mas ás vezes sou ou fui já um pouco complicada, não assim o deseje , mas a vida parece que não, não foi fácil para mim. Há quem sobreviva e há quem viva, eu não sei vive la, sobrevivo, mas calma, não vejeo, é bem diferente.

E és muito corajosa, continuo a dize lo....e espero que nossa amizade seja conínua

Estou a escrever mais,porque minha bebe permite mo, esta a dormir ja a 15mntos e onde? na sua caminha.Ja vou postar.

Comentar post



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada