Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


A pedrinha brilhante

por Rosinda, em 27.05.10

 

Fotos de  Pedra de Zirconia AAA Cristal 1,50MM

 

Era uma vez... Uma pessoa, muito simples mas que adorava pedras. Podiam ser pedras coloridas, toscas ou com formas, bonitas ou menos bonitas, gostava imenso de guardar todas as pedrinhas que ia encontrando e lhe chamavam a atenção.

Um dia nem queria acreditar... Encontrou a mais bela pedrinha que já tinha visto! Ela tinha cor, muita beleza, brilhava como mais nenhuma, enfim era maravilhosa.

Todos os dias essa pessoa pegava nas sua pedras, falava com elas e gostava de lhe tocar e olhando para elas, via as diferenças, mas todas tinham igual valor. Todas menos aquela, tão linda e cheia de brilhos incandescentes.

Mas... de cada vez que tentava aproximar-se e tocar na linda pedra, acontecia sempre qualquer coisa! Ou se cortava, ou a pedra lhe resvalava para o chão, partindo sempre um pouco, estava até já mais pequena.

Será pelo seu feitio um pouco esquinado? Pensou a  pessoa? Não posso continuar a tê-la assim! Ou me aleija... ou se despedaça ...!

Pensou então, em última tentativa de continuar a ter a sua pedra mais linda, levá-la a um artesão para que a lapidasse.

Sabe senhora... disse o artesão; é muito linda a sua pedra, de entre o género nunca vi nenhuma tão bonita, mas não posso fazer nada... se tentar lapidar ela vai partir! Não é uma pedra preciosa, é vidro!  A senhora nem queria acreditar, vidro com essa beleza...? Não pode ser!Pode lapidar! Eu tenho a certeza que vai ficar linda, brilhante e suave. O artesão fez-lhe a vontade, logo a pequena pedra se partiu em mil pedaços, pois não tinha qualidade para ser lapidada. Olhou triste para os pequenos pedaços de pedra e foi embora com a certeza que aprendera uma grande lição.

Voltou a olhar com mais atenção para as suas pedrinhas menos brilhantes, mas mais seguras e verdadeiras.

 

História inventada por: Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:11


19 comentários

De luadoceu a 27.05.2010 às 11:57

Olhar para as pessoas pelo seu interior e nao exterior
Olhar para os seus objectos, nao pelo que valem em termos de dinheiro, mas pela qualidade e valor que teem
Mas...ha sempre o reverso
As pessoas enganam
Os objectos magoam e deixam de ter valor por algum motivo
Temos de olhar para as pessoas e nao julga las, mas e quando nos julgam a nos? Que devemos fazer?
Um bjo Rosinda, eu acho que percebi a mensagem?

De Rosinda a 27.05.2010 às 14:49

Olá Lua!
E verdade que não devemos julgar ninguém, mas também não devemos enganar ninguém com um brilho sedutor... que afinal é falso! Nem tudo o que brilha é ouro minha amiga essa é que é a verdade!
Um beijinho para ti e para a tua menina.

De luadoceu a 27.05.2010 às 15:42

Era isso que eu queria dizer
Obrigada por dizeres noutras palavras
Bjinho amiga

De Sindarin a 27.05.2010 às 14:52

Olá amiga. Há realmente vidros que se fazem passar por pedras preciosas e cortam, magoam e ferem no mais profundo de nós. Mas também de particulas imensa de vidro se faz o mais belo cristal, cujo som encanta e ofusca todos os sons maravilsos. Dizem que se ouve cantar um cisne e se bem sei um cisne canta quando morre... Assim será o som e a beleza das pedras para uns e para outros. Por vezes a mais bela, outras a mais odiosa. Tal como o som do canto da ave. Só será belo para quem a sabe ouvir... olha não ligues que eu não digo nada de jeito por estes dias. Não consigo. Bjs grandes.

De Rosinda a 27.05.2010 às 15:15

Agradeço o comentário e a explicação de que com muitas particulas de vidro se faz cristal, mas não é assim. O vidro é feito com matérias naturais, como areia e calcário levados a grandes temperaturas. O cristal é feito com compostos quimicos como o hidrogenio liquido que até congela o sangue e corpo de quem lhe tocar...
Mas isto é um aparte.
Beijinhos e espero que fiques bem

De Sindarin a 27.05.2010 às 18:30

Que engraçado como uma pessoa que considero tão amiga e pensei que o seria se torna tão fria como hidrogénio liquido que congela o sangue, nas tuas palavras. Caso não saibas tenho família vidreira em Leiria e emMarinha Grande a terra do vidro e do Cristal, lá muitas vezes visitei fábricas e técnicas de sopro e como se faziam e até o casco de vidro que era aproveitado para isso, mas já que estamos em maré de dar uma de inteligentes isto é o que diz a Wikipédia.

Cristal é a denominação para um vidro de alta qualidade, transparência e densidade obtido através da adição à massa vítrea (durante a fabricação) de variados sais metálicos e em especial, neste caso, o óxido de chumbo (Pb3O4). Apesar de receber o nome comercial de "cristal" tal material é [amorfo], não possui qualquer estrutura cristalina, não sendo, portanto, um verdadeiro cristal, na acepção técnica do termo. Geralmente quando o teor de chumbo é maior que 10% tais vidros ganham a denominação comercial de "cristal", provavelmente se trata duma tentativa de conferir uma distinção de "alta qualidade" em comparação aos vidros ditos "comuns". Os teores de óxido de chumbo podem chegar até uns 25%.

Nestes "cristais - vidros" a grande transparência, brilho e dispersão da luz incidente resultam da pureza da massa vítrea e do polimento da peça. A adição de óxido de chumbo e outros materiais conferem uma elevação da densidade, dureza e rigidez, o que proporciona o típico retinir no brinde com taças.

As peças e obras de arte de "cristal-vidro" são tradicionalmente moldadas por sopro e trabalhadas (esmerilhadas e polidas) a mão por especialistas, o que eleva seus preços quando comparados com outros trabalhos em vidro.

Te

De Sindarin a 27.05.2010 às 18:37

Deixo um beijinho de cristal sem hidogénio e chamo-te amiga, com carinho e verdadeira amizade, já que na tua resposta nada dizes. Eu serei sempre tua amiga. Que a tua vida tenmha o brilho do cristal e a beleza dele. Um beijinho.

De Rosinda a 27.05.2010 às 18:42

Olha Fátima, não sei que pretendes com isto. Acredito que estejas com problemas, aliás já falei contigo no msn e não quises-te desabafar. Não posso ajudar quem não quer ser ajudado. Eu não tenho culpa dos teus problemas ok? E não será esta a forma correta de cumunicação. Nunca apaguei um´único comentário desde que tenho o blog, hoje já apaguei dois, não vou apagar mais nenhum.
Não sei se sou de vidro, plástico... ou até só um grão de areia, mas garanto-te que seria incapaz de ter uma atitude assim. Só posso dizer; Lamento...
Fica bem

De Sindarin a 27.05.2010 às 19:13

Olá amiga! Longe de mim provocar-te dano. Não pretendo nada demais amiga só tentei explicar como se faz o Cristal porque tenho família que o faz e tu talvez tenhas pensado que estaria a dar-te um "chá". Longe de mim amiga.Tenho os meus problemas sim e agradeci a tua ajuda no msn, mas só eu posso resolver. Obrigada pela ajuda, obrigada pelo carinho e peço desculpa de ter posto aqui os comentários. mas só me referia realmente às pedras e ao teu post. Um beijinho se quiseres apaga, porque os outros que apagaste não fui eu que fiz e espero não ser criadora de nenhum mau-estar. sei bem o que isso é que já até apaguei os meus blogs por isso. Peço mais uma vez desculpa. Um beijinho.

De olha_por_mim a 27.05.2010 às 15:41

Que linda história inventada por ti amiga...uma grande lição...:))
Beijocas grandes

De Rosinda a 27.05.2010 às 16:05

Obrigada amiga.
Beijinhos

De Existe um Olhar a 27.05.2010 às 17:13

Olá Amiga
Apesar de ser inventada a tua história tem muito de verdadeiro. Ela assemelha-se a pessoas cujo brilho é apenas exterior. Quando confrontadas desfazem-se em mil bocados e a beleza esfuma-se num ápice.
Quanto ás outras menos brilhantes , mas não menos valiosas, são as que se mantêm inalteráveis no tempo e conservam sempre um brilho especial quando as olhamos com os olhos do coração.
Beijos
Manu

De Rosinda a 27.05.2010 às 19:35

Olá Manu!
Agradeço muito a clareza com que viu a história, era exactamente o que queria dizer.
Sem nenhum mal entendido evidentemente.
Um beijinho

De MIGUXA a 28.05.2010 às 01:12

Doce Rosinda,

É muito interessante a forma como nos transportas do imaginário ao real...De facto nem sempre o que mais brilha e à primeira vista nos atrai é o mais belo...Após análise apurada, concluímos que tudo não passa de pura ilusão...

Parabéns minha amiga, gostei muito!!!

Beijos ternos
Margarida

De Rosinda a 28.05.2010 às 07:52

Obrigada Margarida, é realmente assim.
Um beijinho igualmente terno para ti.

De DyDa/Flordeliz a 28.05.2010 às 12:46

Por aqui se fala de brilho falso e verdadeiro.
Espero que sejas iluminada pelos dois e que retires de cada um a quantidade certa para viveres com alegria e estabilidade.
Um beijinho com votos de fim de semana luminoso .

De Rosinda a 28.05.2010 às 15:55

Obrigada Flordeliz, tirarei com certeza, porque tudo é aprendizagem.
Beijinhos e um bom fim de semana também para ti !

De Caminhando... a 31.05.2010 às 17:12

Que linda esta história Rosinda!

E é na simplicidade que encontramos as mais belas coisas. Se fizermos por ver, conseguimos!

Um beijinho

De Rosinda a 31.05.2010 às 18:18

Obrigada Joana, por gostar da história, que me ocorreu escrever, levada claro por alguns sentimentos.
Um beijinho

Comentar post



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada