Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


EU

por Rosinda, em 28.05.10

 

Cada passo, cada caminho trilhado na minha vida, trouxe com eles uma infinidade de conhecimentos. Quando escolho seguir por um caminho, penso que estou no caminho certo. Todos assim fazemos, penso eu. Ninguém escolhe deliberadamente o caminho errado.

E qual de nós já não sofreu desilusões...? Mas só acontece porque demos guarida à ilusão, não demos atenção aos sinais. Então quando acaba uma relação, seja de amor ou amizade, aprendemos... ou não...  Eu já aprendi alguma coisa, mas ainda tenho muito que aprender, portanto não me fecho a novos caminhos, sempre sendo eu mesma, na procura do caminho certo.

Não vou fazer juízo de valores, vou deixar que a vida siga o seu curso. Nada acontece por acaso.

Neste momento sei que tenho um nó na garganta que não me deixa engolir... mas passa, sei por experiência própria. Não sou mais nem menos que qualquer ser humano, salvaguardando claro as  "classes" a que muitos dão importância e eu não.

Espero que o tempo a quem às vezes chamo; "senhor da razão" me mantenha sempre a esperança  e a fé no meu semelhante. 

 

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20


14 comentários

De Iara a 29.05.2010 às 00:36

Achei teu blog lindo ! Gostei muito ! Se puder me visite, http://sindromemm.blogspot.com

De Rosinda a 29.05.2010 às 08:37

Obrigada pela visita que retribuirei com certeza.
Um beijinho

De gatinhafofa a 29.05.2010 às 04:45

todos nos vamos sofrendo algumas desilusoes na vida como por exemplo a morte dos nossos entes queridos mas com o tempo superamos isso,embora seja muito complicado de suportar esta dor mas todos nos temos de aproveitar os momentos bons que a vida nos oferece como por exemplo o carinho de amigas como tu. muitos beijinhos e tem uma boa noite!!!

De Rosinda a 29.05.2010 às 08:45

Olá Sandra!
Minha linda a morte não é uma desilusão... desilusão é um sentimento que sentimos quando nos iludimos e esperamos mais de outra pessoa, depois da desilusão, quando se olha para o outro sem a magia da ilusão... vem muitas vezes a decepção.
Já a morte não é uma ilusão é a única coisa com que não nos podemos iludir... porque é certa. Esse sentimento de perca que vem depois da morte, é enorme! Mas não podíamos fazer nada. Por isso sim teremos que aproveitar todos os momentos da vida, e viver o melhor possível.
Beijinhos e bom fim de semana

De DyDa/Flordeliz a 30.05.2010 às 15:34

Desilusão?!...
O desmonorar de sonhos, paixões e ilusões que vamos construindo ao longo da vida.
Faz doer, custa a cicatrizar, mas...acredito que vais superar. O ser humano tem essa capacidade. Perdoar e aceitar.
Um abraço forte

De Rosinda a 30.05.2010 às 16:50

Obrigado Flordeliz, pelas palavras e especialmente pelo abraço forte, que nos sabe tão bem, especialmente nas alturas em que estamos em baixo.
Um beijinho

De MIGUXA a 30.05.2010 às 17:41

Rosinda,

Doce amiga,

Acredita que a desilusão nos assola mais vezes do que seria desejável. Magoa, dói por vezes e muito, porque indesculpavelmente criamos demasiadas expectativas em relação a alguém. Há que seguir em frente, temos tanto para amar...

Beijos ternos
Margarida

De Rosinda a 30.05.2010 às 18:33

Querida Margarida, é verdade, no intimo nós quase sabemos, mas vamos fechando os olhos e a razão, na ansia de encontrar algo bonito, apesar da nossa imperfeição.
Obrigada amiga, pelas palavras e carinho, claro que tudo passa e eu arrumarei este sentimento, junto com outros num cantinho do meu coração... e de vez enquando vou lá, para recordar e matar a saudade.
Beijinhos
Rosinda

De olha_por_mim a 31.05.2010 às 16:36

Quem não apanha deslusões???...e tantas vezes q caímos 2 ou mais vezes...eu tenho apanhado mais na amizade do que no amor...e acho q nunca aprendo...tenho tão bom coração que penso que toda a gente o tem como eu...e depois acabo por sair sempre magoada...será q algum dia vou aprender a conhecer melhor as pessoas???...
Beijocas enormes

De Rosinda a 31.05.2010 às 16:50

Minha jovem amiga, não tenha pena essas experiências magoam, mas alguma coisa fica sempre. Eu tive desillusões com o marido, mas com amizades até não! Não tenho muitos, mas são verdadeiros e de longa data. Claro que me refiro aos que conheço e olho nos olhos. Aqui na net é mais difícil conhecer bem as pessoas, contudo estou em crer que foi uma excepção. Há gente de valor por aqui que usam o blog para partilhar sentimentos e vivências, opiniões e fotografias maravilhosas.
Eu, fico grata a quem me visita e me deixa uma palavra de compreenção e até muitas vezes de carinho.
Se algum dia vai conhecer melhor as pessoas!!?? Nem eu sei e tenho 56 anos!
Beijinhos grandes para ti e para o Rodrigo

De Caminhando... a 31.05.2010 às 17:25

Tantas vezes criamos demasiadas expectativas em relação a alguém. Muitas vezes, sentimos que algo não está bem mas não queremos crer e por isso, continuamos e seguir esse caminho. Chega a uma altura em que o que sentiamos se concretiza, algo não estava de facto bem e a desilusão chega, doi e magoa.
Mas seguirás em frente pois, é com esta desilusões que vamos amadurecendo e aprendendo a percorrer o nosso caminho de forma mais sábia.

Um beijinho e esse nó deixará de aí estar e ficarás de novo com o coração calmo e em paz. Acredito que sim.

De Rosinda a 31.05.2010 às 18:23

Acredito que sim Joana, tudo passa e sempre se aprende. Contudo é sempre triste o acabar de qualquer relação.
Obrigada por me deixares aqui um pouco de força.
Beijinhos

De Existe um Olhar a 31.05.2010 às 18:54

Olá amiga
Dizem que somos nós que inconscientemente escolhemos os nossos caminhos de acordo com o que vivemos em vidas passadas, para que assim nos possamos redimir de certos comportamentos menos bons e trilhar o caminho da perfeição.
Aquilo que hoje nos parece errado e injusto, mais tarde vem a revelar-se como uma aprendizagem.
Há vidas de muito sofrimento e sei que a tua não tem sido fácil, mas se em cada dia olhares para os desafios como uma batalha que vences paulatinamente, verás que a sensação de bem estar, de vitória apoderar-se-á de ti e sentirás que estás preparada para novos momentos de algria, que virão, não tenho dúvida.

Beijos
Manu

De Rosinda a 31.05.2010 às 19:07

Olá Manu!
Talvez lhe pareça estranho, mas acabei de ter uma alegria, ou melhor duas... uma a seguir à outra . Sai com a minha mãe, que esteve mal ontém, mas hoje graças a Deus está maravilhosamente carinhosa e ao chegar aqui e ver todos os que me consideram e me comentam. Agradeço muito... Obrigada Vida, obrigada mãe, obrigada Manu por me inspirar tão bons sentimentos.
Um beijo
Rosinda

Comentar post



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada