Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Será que conhecemos o País que temos?

por Rosinda, em 09.05.11

 

Texto de Nicolau Santos publicado na revista up da TAP:

Eu conheço um país

Que em 30 anos passou de uma das piores taxas de mortalidade infantil (80 por mil) para a quarta mais baixa taxa a nível mundial (3 por mil).
Que em oito anos construiu o segundo mais importante registo europeu
de dadores de medula óssea, indispensável no combate às doenças leucémicas.
Que é líder mundial no transplante de fígado e está em segundo lugar
no transplante de rins. Que é líder mundial na aplicação de implantes
imediatos e próteses dentárias fixas para desdentados totais.

Eu conheço um país

Que tem uma empresa que desenvolveu um software para eliminação do
papel enquanto suporte do registo clínico nos hospitais (Alert),

Que é uma das maiores empresas ibéricas na informatização de farmácias(Glint) e outra
Que inventou o primeiro antiepilético de raiz portuguesa (Bial).

Eu conheço um país

Que é líder mundial no sector da energia renovável e o quarto maior produtor de energia eólica do mundo,
Que também está a construir o maior plano de barragens (dez) a níveleuropeu (EDP).

Eu conheço um país

Que inventou e desenvolveu o primeiro sistema mundial de pagamentos pré-pagos para telemóveis (PT),
Que é líder mundial em software de identificação (NDrive),
Que tem uma empresa que corrige e detecta as falhas do sistema informático da NASA (Critical)
Que tem a melhor incubadora de empresas do mundo (Instituto Pedro Nunes da Universidade de Coimbra)

Eu conheço um país

Que calça cem milhões de pessoas em todo o mundo e que produz o segundo calçado mais caro a nível planetário, logo a seguir ao italiano.
E que fabrica lençóis inovadores, com diferentes odores e propriedades  anti-germes, onde dormem, por exemplo, 30 milhões de americanos.

Eu conheço um país

Que é o «state of art» nos moldes de plástico e líder mundial de tecnologia de transformadores de energia (Efacec) e que revolucionou o conceito do papel higiénico (Renova).

Eu conheço um país

Que tem um dos melhores sistemas de Multibanco a nível mundial e que desenvolveu um sistema inovador de pagar nas portagens das auto-estradas (Via Verde).


 

Eu conheço um país

Que revolucionou o sector da distribuição, que ganha prémios pela construção de centros comerciais noutros países (Sonae Sierra) e que lidera destacadíssimo o sector do «hard-discount» na Polónia(Jerónimo Martins).

Eu conheço um país

Que fabrica os fatos de banho que pulverizaram recordes nos Jogos Olímpicos de Pequim,
Que vestiu dez das selecções hípicas que estiveram nesses Jogos,
Que é o maior produtor mundial de caiaques para desporto,
Que tem uma das melhores seleções de futebol do mundo, o melhor treinador do planeta (José Mourinho) e um dos melhores jogadores(Cristiano Ronaldo).

Eu conheço um país

Que tem um Prémio Nobel da Literatura (José Saramago), uma das mais notáveis intérpretes de Mozart (Maria João Pires) e vários pintores e escultores reconhecidos internacionalmente (Paula Rego, Júlio Pomar,Maria Helena Vieira da Silva, João Cutileiro).

Que tem dois prémios Pritzker de arquitectura (Sisa Vieira e Souto Moura).

O leitor, possivelmente, não reconhece neste país aquele em que vive ou que se prepara para visitar. Este país é Portugal. Tem tudo o que está escrito acima, mais um sol maravilhoso, uma luz deslumbrante,praias fabulosas, ótima gastronomia. Bem-vindo a este país que não conhece: PORTUGAL

NOTA: Como escreve o Nicolau Santos, Portugal é capaz, nós somos capazes. Demonstremos que unidos, vamos ultrapassar as dificuldades actuais.

Divulgue este texto positivo e vá acrescentando mais motivos e exemplos que conhece e que nos orgulham do ser português.

Sem política e sem políticos, sem clubismos e sem regionalismos, com cidadania.

Destrua as mensagens negativas de quem quer baixar os braços.

Todos nós e cada um ao seu nível, poderá contribuir positivamente para Portugal.

 _________________________________________

 

Recebi por email e gostei, resolvendo por isso fazer este post. Na verdade basta de pensar negativamente , nós temos valor: Eu tenho orgulho de ser Portuguesa. ENERGIAS NEGATIVAS GERAM NEGATIVISMO, TEMOS QUE SER POSITIVOS.

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:54


10 comentários

De luadoceu a 09.05.2011 às 18:32

Não conheço Portugal todo, tneho pena,pode ser que noutra vida,agora nesta não é tarde,mas cedo tb não é.
Mas sei que tem muita coisa linda para se degustar e gostar.
Nem tudo é mau,nem tudo é negativo.
Portugal é lindo,gosto de cá viver,mesmo com as dificuldades que os governantes nos deram e nos mostram, não sei se daqui saía...pois certezas, infelizmente so temos uma e nem vou mencioná-la
Portugal que amo, portugal aonde vivo, aonde nasci,fui criada e do qual tenho orgulho
Viva nós portugueses,povo lutador e resistente, vivam os portugueses
Beijinhos Rosinda , uma boa semana

De Rosinda a 11.05.2011 às 17:36

Eu também não conheço Portugal inteiro, mas basta olhar algumas fotos para ver a beleza que ele tem...
Beijinho

De Existe um Olhar a 09.05.2011 às 19:49

Eu vivo num país feito de gente anónima que se orgulha de ser portuguesa.
Eu tenho um país que já provou, que mesmo nas mais duras batalhas hasteou com orgulho a nossa bandeira.
Eu tenho um país que fez um revolução com cravos no cano das espingardas.
Eu tenho um país que é rei em exemplos de cidadania e de altruísmo quando se lhes pedem sacrifícios.
Eu tenho um país que recusa a ser indiferente à pobreza e maus tratos.
Eu tenho um país que acredita no melhor, que esquece o pior e que se dispõe a lutar para dignificar o seu bom nome em todo o mundo.

Beijos
Manu

De Rosinda a 11.05.2011 às 17:35

Nós temos um País maravilhoso Manu.
Um beijo
Rosinda

De DyDa/Flordeliz a 10.05.2011 às 03:05

Eu conheço um país que deve ter orgulho do seu passado. No entanto todo o nosso passado não chega para o presente penhorado e não nos alivia os dias futuros.
Então em vez de gritarmos - FORÇA CAMARADA - LUTA!!!
Talvez seja hora de gritar - COMPANHEIRO JUNTA-TE A NÓS.
Unidos daremos novo rumo ao nosso destino.

Esperança é preciso.
Sossego também.

Além de ficarmos mais pobres. Ficamos mais velhos e cansados de preocupação com notícias e desmentidos a toda a hora.

De Rosinda a 11.05.2011 às 17:38

Espperemos que tudo melhore amiga Flor temos de acreditar e (sonhar...? )
Beijinho
Rosinda

De Ivete a 10.05.2011 às 03:40

É isto mesmo Rosinda,
nunca devemos perder a fé no nosso País, pois ele também é feito por nós. E mesmo que haja períodos menos bons, não desistamos de fazer o nosso melhor, que isto será o nosso legado!

Beijos

De Rosinda a 11.05.2011 às 17:35

Obrigada Ivete, eu amo Portugal.
Beijinho
Rosinda

De Ivete a 15.05.2011 às 04:01

Fazes bem!

De P a 11.05.2011 às 08:55

E apesar de todas as maravilhas enumeradas uma enorme percentagem da sua população não consegue perceber as vantagens de usar os "piscas" ou de não deitar lixo para o chão e que figura, numa lista da OCDE entre o México e a Turquia como dos mais desiguais na distribuição de rendimentos. Onde em 1930 havia 80% de analfabetos,(segundo Filomena Mónica), e hoje uma enorme percentagem das pessoas reclama uma suposta origem aristocrática e no trato com as pessoas simples usa de sobranceria. E também é o país cuja classificação do nível de eficiência das suas universidades apareceu numa lista de países da UE em penúltimo lugar entre a Bulgária e Eslovénia, (Verão 2010), e isto apesar de uma das suas universidades ter sido considerada recentemente entre as melhores do mundo. Ou seja, um país muito desigual onde o que mais conta na apreciação do outro é o status e a origem social. Pomposo ou boçal, pretensioso ou sórdido. Fora isso tem a "melhor" gastronomia do mundo, simples e sofisticada. Uma arquitectura tradicional encantadora que apesar do afã do deslumbramento ainda subsiste aqui e ali. Juntamente com não menos encantadoras quintas que, apesar da em geral vergonha das origens dos portugueses, se mantém aqui e ali como prova de engenho e beleza de uma cultura de bom senso. Que suspeito muito inspirada na falta de meios. Em suma, humanos como quaisquer outros - infinitos na estupidez e geniais quando é preciso.

Comentar post



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada