Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Até amanhã...

por Rosinda, em 28.09.11

 
Avó...?
Diz minha querida...
Eu queria falar contigo, mas algumas coisas eu não sei dizer em português, acho que posso dizer mal. Notava-se realmente alguma dificuldade e um sotaque francês muito acentuado.
Não faz mal linda, fala como souberes. Entre o teu menos bom português e o meu péssimo francês, tenho a certeza que nos entenderemos.
A avó reparou no sorriso que se abria no rosto da neta, na forma um pouco envergonhada como se o assunto fosse delicado. Era normal que se sentisse pouco á vontade, pouco convívio tinha com a avó. Seu pai era emigrante em França desde antes do nascimento dela. Apesar de ver a avó todos os anos, eram apenas visitas e pouco mais.
A avó tinha ido passar um mês a França e o carinho redobrou em pouco tempo.
Já cheia de curiosidade a avó  incentivou-a a falar:
Então...?
E num português correcto a menina começou a falar:
Estás sozinha faz muito tempo, és tão bonita quando te arranjas... tu sabes que és bonita, certo?
Não esperou pela resposta, continuou a falar de seguida, como se tivesse receio de esquecer as palavras...
Porque não arranjas um namorado?
A avó sorriu, um sorriso cheio afeição e satisfação por saber que a neta a achava bonita.
Sabes minha linda, fico feliz por me achares bonita, mas, não sei como explicar-te, sabes... vou tentar dizer-te o que sinto.
Com a idade as pessoas ficam mais exigentes, o que foram aprendendo com a vida, faz delas pessoas mais cautelosas e embora a avó ainda tenha os seus sonhos, também tem muitas certezas da realidade.
A menina ouvia-a  sem a interromper e sem desviar os olhos do olhar frontal, embora suave da avó.
E a realidade minha querida é que eu não quero alguém que me aborreça. Que reclame porque a camisa que gosta ainda não está no armário, embora estejam lá muitas... entendes? Coisas assim do género...
Ó avó! Os homens são todos assim... até o meu pai...!
A avó não pode evitar uma gargalhada... e retorquiu:
Está visto que errei na educação do teu pai...!
A menina riu também e disse:
Não erras-te nada o meu pai é muito bom, mas também resmunga!
A avó concluiu a conversa dizendo:
Minha querida estás uma mulherzinha, tens razão, não há príncipes encantados, nem seres humanos perfeitos, somos apenas isso mesmo humanos.
A conversa alongou-se em mais algumas explicações e conselhos de avó para neta e vice-versa.
Nesse dia a menina chegou a casa com uma flor para dar à avó. A flor da paixão...
Quando chegou a hora de ir para a cama, no silêncio da noite ouviu-se uma vozinha dizer:
Avó...?
Diz minha querida...
Até amanhã...
Até amanhã linda e dorme bem...
Durante um mês aquela voz suave e linda de menina se ouvia no silêncio da noite, com aquele doce carinho que deixa verdadeira saudade:
Até amanhã...
 
Rosinda
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:40


15 comentários

De Anónimo a 04.10.2011 às 20:20

Olá eu tb acho que deve estar como se sentir bem.
É mt bom para si, para o seu "EU" gostar de estar consigo, é sinal que já se superou, parabéns.
Eu amei esta passagem. Ã curiosidade inocente de uma menina que não percebe como é que uma avó tão carinhosa e dedicada não tem um namorado ainda por cima sendo ela bonita?
A vida realmente é uma escola, e é que ainda por cima, qd se é bom aluno, aprende-se.
BJS
Gusty

Comentar post



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada