Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


É só uma simples opinião...

por Rosinda, em 24.11.11

(imagem retirada da net) 

Fartos...? Onde está a fartura...? 

 

Nota-se a diferença, aqui da minha janela. Fica virada para uma rua principal e o movimento é menor. Está mais sossegado que aos Domingos, ou Feriados.

Alguns aproveitarão para descansar e poder viver em pleno o fim de semana que se aproxima... sim, porque o verdadeiro motivo da greve, só fará sentido para alguns.

Qual é a solução que apresentam? Afinal a greve é contra as medidas de austeridade adoptadas pelo Governo. Ok! Estamos "contra" e que temos para sugerir ao governo em contrapartida? Nada!

Gostava de ouvir, aqui, da minha janela; Gente na rua, sugerindo qualquer coisa que abrisse novos horizontes, mas o silêncio é maior.

Então a greve, será mais um buraco nas contas do País, um Feriado não assinalado no calendário...

E eu aqui por detrás dos vidros, a ver um bonito dia de sol e a pensar: 

Se eu tivesse trabalho, não faria greve... Porque sou a favor dos sacrifícios exigidos...? Não! Porque não vejo outra saída, porque não tenho outra solução que resolva o problema financeiro e a crise em Portugal, infelizmente... 

 

Dói o silêncio lá fora, de um Portugal pobre, revoltado, mas... PARADO!

 

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:35


10 comentários

De tempovirtual a 24.11.2011 às 11:08

Estou totalmente de acordo contigo Rosinda. De que vale a greve se não há propostas viaveis de soluções e as poucas que se apresntaram continuam visando os "tios". O pobre que sente na pele a desgraça de um futuro miserável não pode fazer greve mesmo que concorde pois o dia de vencimento faz-lhe falta para comprar o pão que há-de servir de almoço, lanche e jantar de muitos dias. É a triste realidade de um país em queda astronómica q onde quem sente ´+e sempre o mesmo : O pobre e o médio que ficará pobre muito rápidamente.. Ouvi há poucos dias algumas entrevistas de pessoas que ainda não sabiam o que era a crise.... não tinham alterado qualquer hábito...OK pertencem ao grupo dos priveligiados deste Portuagal cada vez mais injusto e eu sou uma INDIGNADA, REVOLTADA que apesra de nos meus tempos de juventude ser toda revolucionária hoje quase me atrevo a clamar por SALAZAR....Só que nem ele hoje conseguiria dar a volta a tanta corrupção , nesses anos havia repressão mas não havia tantos ladrões de colarinho branco que estão impunemente a ver passar a crise ao lado e vão gozando do que nos furtaram e hoje estamos a pagar...OK eles roubam e nós pagamos... BOA DEMOCRACIA.... Estarei louca ou o nosso país está moribundo???'

De Rosinda a 24.11.2011 às 19:08

Eu penso que a maioria ainda não sabe o que é a crise, mas vai saber...
Precisamos de soluções, que não passam por não trabalhar, bem pelo contrário.
Beijinho
Rosinda

De luadoceu a 24.11.2011 às 14:11

Rosinda
Ate hoje nao partilhei minha opiniao de facto,sobre a grave, virtualmente, por minhas palavras e se a fazia ou nao
Mas quem sabe com tempo,fa lo ei daqui a pouco
Ja vi que nao es a favor e teus motivos,os quais,eu concordo em pleno e apoio mesmo
Pensei que houvesse por aqui muitas amigas que concordassem com a greve e ate aderissem,afinal parece que eu sou da mesma opiniao, nao fazia greve, se trabalhasse
Gostei do poste e concordo
Beijinhos,estas melhor?
Estou cansada....))
Ate ja

De Rosinda a 24.11.2011 às 19:09

Eu seria a favor se soubesse que passava por aí a solução do problema, assim...
Beijinhos
Rosinda

De miilay a 24.11.2011 às 15:27

Amiga, os indignados, fazem greve, mas não vai valer de nada,e ainda vão causar mais atraso no País, pois não se produz.
Mas...Onde está o dinheiro? Mesmo com o que nos tiraram no subsídio de Natal, não vai dar para nada! Só desejo que os sacrifícios pedidos ao Povo valha a pena;
No entanto na minha opinião não vai valer de nada, ufa!
Beijinho
miilay

De Rosinda a 24.11.2011 às 19:12

Amiga Miilay, esses indignados votaram com certeza neste governo, aliás já à muito que sabemos que isto iria acontecer, já vem de tráz.
Faz falta justiça séria, neste País.
Beijinho
Rosinda

De DyDa/Flordeliz a 25.11.2011 às 21:00



A nossa amiga Miilay fez esta pergunta Rosinda e para esta eu tenho resposta. (Só não tenho soluções para resolver a crise )

Amiga falas do DINHEIRO que o nosso país nunca teve?!
Aquele que pedimos (ou nos entregaram sem orientação e sem fiscalização) emprestado e que investimos mal. O que, aqueles, que nos governaram usaram em proveito próprio? Aquele que veio para as empresas se modernizarem e que os gestores acharam graça melhorar os seus próprios salários e regalias - com ele - compraram casas; carros; viagens; jóias; roupas caras (amantes)?...
Dinheiro que nunca foi nosso, que se pediu emprestado e que hoje estamos apenas a amortizar com novo empréstimo a juros insuportáveis. A dívida, essa, continua por muitos e dolorosos anos.

Espero que me tenha feito entender que Portugal nunca teve dinheiro. É que nem na época em que andamos por África a roubar, soubemos investir o valor dos saques.
Ouro, diziam que tínhamos ouro. Que ouro guardado?!? Diziam que tínhamos ouro guardado. Quanto a mim até nisso fomos preguiçosos e só trouxemos o que outros não quiseram guardar. E como pacóvios que somos em vez de investir e multiplicar o que tínhamos ficamos com o olhar de encantamento apenas a vigiar
Portanto quanto a mim: Nunca tivemos NADA e o que havia não era nosso.
E até esse (que veio como empréstimo) foi roubado e mal gerido por quem o roubou (muitos são hoje de novo uns desgraçados).

Triste realidade.

Beijo às duas com votos de que pelo menos S. Pedro não esteja chorão.

De Rosinda a 25.11.2011 às 21:26

Por isso amiga eu disse que o mal já vem de traz, Como diz muita gente e agora estamos a ver que com certa razão, o 25 de Abril foi bom, mas o dia 26 logo trouxe muitos maus governos. E a bola de neve cresceu quando entramos para a comunidade europeia e respectiva moeda única, não estavamos preparados para isso, nem a nível de governo, nem do povo.
Foram criadas muitas situações de "falsa" fartura.
Enfim este tema dá pano para mangas, mas no fim o problema é o mesmo, agora o mal está feito e não há volta a dar. Eu não vejo soluções, mas ... também pouco percebo de política .
Beijinho grande amiga e bom fim de semana
Rosinda

De sentaqui a 24.11.2011 às 17:51

Partilho do teu sentir, das tuas ideias. De que vale a greve se o mal está feito e não há volta a dar?
Há que pagar pelas asneiras que fizeram os nossos governantes e pelas nossas que votámos neles.

Beijinhos

De Rosinda a 24.11.2011 às 19:15

Temos que assumir a nossa quota parte de culpa.
Beijinhos
Rosinda

Comentar post



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada