Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Vamos fazer uma festa?

por Rosinda, em 07.12.11

Ok... é impressão minha ou anda tudo meio deprimido?

Olhem para o lado! Haverá de certeza quem esteja pior!  (Bem, na verdade, os que me são próximos, vivem muito bem...)

Proponho um desafio que consiste no seguinte, juntemos todos os nossos problemas e vamos festejar, trazer boas energias, rir da vida...

 

Que tal?

Eu trago para a festa, um amor acabado que teima em durar no meu coração , (tipo pilhas duracel)  um desemprego de 6 anos, (sem subsídio e com as economias feitas para a velhice, quase a acabar)  Um filho que parou o curso por falta de recursos financeiros, desempregado.  Mãe e pai, cheios de problemas de "velhice". Outra filha desempregada, casada com dois filhos ambos a estudar e, que partiu os dentes da frente, sem dinheiro para dentista. E se acharem pouco, eu dou mais uma refrescadela às ideias e trago os problemas de saúde, aí será um mar de lágrimas... então a festa será de arromba!

 

Ah... vida! Fado chorado... filha da puta!

dás-me que fazer, mas eu vou à luta!

Com unhas e dentes, com o que puder...

caminho para a frente e hei-de vencer!

 

Vencer o quê, se já nada tenho...

Vencer a tristeza, vencer o desdenho!

Fazer uma festa, com tudo o que(não) tenho...

porque até para isso é preciso engenho...

 

Eu tenho a Esperança, o sonho da Vida,

doutra que não desta, que vejo sofrida.

Sofrida sim, mas não chorada, não perdida...

Partilho o que tenho, até a desdita.

por isso da vida eu faço uma festa,

por isso p´ra mim a Vida é Bendita.

 

Ponho remendos nesta minha história,

E vira daqui, vira de acolá, tudo fica bem,

Tudo vai passando, só fica a memória...

É este o encanto que a vida tem.

 

Rosinda

 

 ESTÁ-SE BEM... {#emotions_dlg.happy}  BOM FERIADO!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:17


1 comentário

De momentosdisparatados a 13.12.2011 às 09:24

Nada melhor que começar o dia a levar um puxão de orelhas.
Fizeste bem Rosinda já que aqui a menina ultimamente passa os dias a qieixar-se ainda que mentalmente dos seus problemas. Quais problemas, comparados com a grande maiorias?
Ok tenho uma filha de 21 anos sem emprego fixo, mas que vai trabalhando uma semana aqui e outra ali(mas sem contas para pagar), tenho um stress desgraçado no meu emprego(a grande maioria das vezes porque exigo demasiado de mim) e...não me parece que tenha nada mais alguma coisa para me deixar deprimida.
Para acordarmos, muitas vezes basta olhar-mos para o lado e vermos que há vidas com muito mais sofrimento. Obrigada Rosinda por me abrires os olhos, de qualquer forma também quero juntar-me à festa!
Beijinho

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada