Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ai se... amanhã és mesmo pegado pela CRISE

por Rosinda, em 26.02.12

Hoje é Domingo e eu não costumo escrever no blog. Contudo hoje apeteceu-me ser critica, não consigo deixar de pensar no pesadelo que foi tentar comer no Mac ontem. É verdade, de vez em quando gosto de comer um mcbacon  e muito especialmente comer um sundae com molho extra de chocolate.

Assim ontem eu e a minha filha, por volta das vinte horas fomos ao Chopin para comer. Pois sim... as filas eram de mais de cinquenta pessoas e note-se que aqui no  Mcdonalds tem pelo menos seis caixas a funcionar! Desistimos e fomos a outro  que normalmente não tem muita gente. É um Mcdrive .

Mas ontem estava incrivelmente cheio! Acabamos a comer por volta das vinte e duas horas.

Era tanta gente por todo lado que nem na época natalícia. E porquê? Qual seria a razão? MICHEL TALÓ!

Incrível como o futebol tem poder, sim porque se o Cristiano não tivesse a atitude que teve em relação à musica ai se eu te pego, ninguém conheceria o Michel. A batida até é fixe, a letra não diz nada ao mundo e mais uma vez a sorte dita o destino das pessoas. Até aí tudo bem, afinal, a escolha é de cada um. Mas com tantos valores na música, não deixo de ficar escandalizada com a "cultura" dos tempos modernos.

Cerca de dez mil pessoas assistiram ao espectáculo, que segundo me constou com bilhetes esgotados à muito...

Centenas esgotaram stocks do Mc Donalds, não havia sacos, não havia tabuleiros, não havia alguns hambúrgueres.

Por favor... onde está a crise? De que nos queixamos afinal? O dinheiro ainda sobra em Portugal!

 

 

Nossa que coisa tão ... rasca!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03

Bom fim de semana :-))

por Rosinda, em 24.02.12
Estava aqui a pensar que imagem deveria colocar no post para vos desejar bom fim de semana. De repente olhei para a minha cadela (tuca) companheira diária, sempre refastelada no seu cadeirão embrulhada em mantas.  E, click!  tirei a fotografia e ela nem se mexeu!
Como agora não posso leva-la à rua por causa dos meus braços, quando chega a esta hora fica com um ar atento... Está para chegar a Ana que é quem a leva agora.  Os animais são espertos e esta, quando quando chegar perto das 18 horas, levanta-se e vai para e entrada esperar a dona mais nova... 
 
Parece que vamos continuar com bom tempo, embora isso não seja bom porque faz falta a chuva.  Aproveitemos ao menos para dar uns passeios.
 
BOM FIM DE SEMANA PARA TODOS 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45

A vida é andar numa corda bamba, tentando manter o equilíbrio...

por Rosinda, em 09.02.12

Tenho andado muito ansiosa e preocupada. E embora saiba que todos nós temos os nossos problemas, não posso evitar que se note, tanto aqui no meu ambiente virtual, como no meu dia a dia "dito" normal.

Se é verdade que me incomodou demais relembrar as mágoas do passado, não foi essa a única razão do meu desgaste psicológico.

Tentei contrariar o meu pessimismo ao máximo, lembrei-me do tormento que foi a quando do problema do meu filho, lembrei-me imenso da Sara (in)perfeita. Pensei ligar para lhe fazer perguntas, mas fiquei pelo silêncio e na expectativa do que iria acontecer.

Apareceu um nódulo na mama da minha filha Ana. Bem visível a olho nu, não era sequer necessário apalpar. Como ainda é muito jovem, solteira e sem filhos, julguei que se tratava de algum problema hormonal. Depois de uma ida ao médico, foi fazer a mamografia e tem um quisto e um fibroadenoma. Hoje fiquei um pouco mais tranquila, ou melhor... estou a tentar!

Mais uma consulta e o médico aconselha a cirurgia. Embora diga que não é maligno, convém tirar. Diz que quanto mais tarde o fizer, mais deformada fica a mama.  Gostava de ter ido com ela à consulta, parece que ficava mais descansada.

Ela está aparentemente calma e vai programar tudo, como aliás sempre faz. Vai ver quando pode ter férias e como o seguro cobre a cirurgia, vai fazê-la no privado.

 

Entretanto como se não bastasse, foi diagnosticado ao meu cunhado um aneurisma na aorta. Os médicos não aconselham cirurgia por ser de risco e assim o risco de rebentamento é enorme. A minha irmã que já perdeu o primeiro marido, está de rastos.

 

A vida é mesmo andar numa corda bamba, tentando manter o equilíbrio...

Tentar leva-la  como ela se nos apresenta, é o que fazemos, quer queiramos ou não.  Mas o nosso sorriso, começa a ser mais um rasgo de amargura. Por sorte a minha mãe anda mais ou menos, embora meia "trol" por causa dos medicamentos.

É nestas alturas que sentimos o quanto é importante o apoio da nossa outra metade, inexistente no meu caso.

 

Não era para falar nestes assuntos. Sei que ninguém gosta de coisas tristes, contudo, este blog é para mim quase um diário. Aqui vou escrevendo as minhas alegrias e tristezas e de certa forma é um desabafo.

 

Deixo um conselho a todas as mulheres que me possam ler. Todas as mulheres com mais de 20 anos devem realizar o auto-exame da mama como rotina mensal. Não descurem qualquer pequeno nódulo que apareça, infelizmente, o cancro da mama ainda mata e muito.

 

Tudo passa e esta fase também vai passar, enquanto passa e não passa é inevitável este sentimento de frustração e desânimo.

 

Rosinda

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

Tudo fica bem quando acaba bem...

por Rosinda, em 07.01.12

Na 2ªfeira passada uma amiga perguntou o que eu desejava para 2012, respondi-lhe que nada, não desejava mesmo nada. Claro que ficou admirada e eu expliquei-lhe que, tudo o que a vida me der, eu terei de aceitar. Então lembrei-me de escrever sobre isso no blog e assim fiz.

 

Na 3ª feira quando fui ver a correspondência, verifiquei que tinha uma carta da S. Social e qual é o meu espanto por me pedirem um reembolso de abono de família de à 7 anos atrás. Mais precisamente Set. Out. e Nov. de 2005, altura em que a minha filha fez estágio nas Finanças . Sendo que havia um protocolo entre a Escola e as Finanças e que na altura mandei tudo o que pediram para regularizar a situação, portanto penso que o que pedem é injusto, até porque o estágio não teve remuneração nem ajudas de custo, trabalhou para eles (Estado) de graça!

Pensei logo no que tinha pedido no dia anterior, eu pedi, nada...

Resolvi então ligar o computador e fazer a reclamação à Segurança Social. Pois sim!... Começou teque, teque e nada, não ligou! Pensam que fiquei furiosa? Não, já não fico furiosa à muito, deu-me vontade de rir! Pensei na ironia, afinal eu não pedi nada e dão-me logo de seguida duas (chancadas)?

O computador já tem seis anos, na altura era um topo de gama e gosto muito dele. Não foi afinal nada de muito grave. Queimou a fonte de alimentação e o cooler. Reparação cujo preço estava ainda dentro do viável. Problema resolvido e cá continuo.

Em relação ao abono de família, já fui directa aos serviços, mas como eram 14 horas e trinta minutos já não estavam activas as senhas para atendimento geral. Ou há muitas reclamações, ou pouca vontade de trabalhar... enfim, é o que temos.

E assim a minha semana lá decorreu.

Agora ao invés de pedir nada, vou é ficar calada!

 

Bom Domingo para todos!

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:41

Eu não esperava, mas...

por Rosinda, em 03.01.12

Ontém eu escrevi um post, com um preceito Budista, em que nada pedia, e não pedia mesmo...mas, nem sempre temos  o que queremos.

Estou sem computador,avariou. Voltarei assim que possível

Abraço

 

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:53

FELIZ ANO NOVO

por Rosinda, em 30.12.11
Vou pedir ao novo ano ...?
Não...
Não é ao novo ano que eu peço coisa alguma...
Eu peço aos homens a consciência  e a consistência da palavra.
A honradez e a sabedoria sem vaidade, simples, como quem não sabe...
O amor, verdadeiro, partilhado por inteiro, por toda a humanidade.
Que as diferenças não sejam abismais e, se tratem todos como iguais.
Que em cada ano se renove a esperança de acabar com o chorar de uma criança...
Eu sei... é querer demais. Apesar de ser simples o pedido...
Deixem-me sonhar ou ter a ilusão,
 De poder um dia ver, um mundo mais amigo.
 
 Gostaria de poder descrever o ano 2011 em seis palavras , como é sugerido no inspira-me desta semana, seria impossível. Afinal o ano teve para mim muita vida... intensa em amor, em sofrimento, em decepções, em fracassos, em doença, em carência monetária. Mas foi muito bom, porque carreguei as minhas pedras e continuo a construir o meu castelo... 
 
Tenho andado um pouco ausente dos blogs, mas guardo por todos um carinho muito especial. Passadas as festas, voltarei como sempre aos vossos blogs e especialmente ao vosso convívio.
 
Renovo os meus votos de FELIZ ANO NOVO PARA TODOS
Um abraço
Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:41

Parabéns Rodrigo!

por Rosinda, em 22.12.11

Eu tinha dito que só voltaria para desejar bom ano a todos, mas, porque este amiguinho faz anos resolvi deixar-lhe aqui os meus votos de muita felicidade, junto com os seus pais e amigos.

Porque o blog que a mãe abriu, se refere essencialmente a ele, vê-lo crescer, através do que escreve, faz dele um amiguinho muito especial.

Com votos de que tudo corra muito bem e que a felicidade impere na vida do Rodrigo, hoje e sempre, deixo um beijinho para ele com muito carinho.

 

 
 
 

Renovo os meus votos de FELIZ NATAL para todos, volto para a semana...

Rosinda 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:34

Um dia diferente...

por Rosinda, em 16.12.11

 

 Antigamente...  esta palavra é nesta altura proferida muitas vezes. Dizem que antigamente o Natal era diferente.

É uma falsa verdade, que não me deixa indiferente. Não , nada mudou no Natal, o que mudou foi a gente...

Creio que tenho razão, o dia no calendário, não mudou de posição. Até ver, é dia Santo, sempre festejado com frio e muito longe do Verão... O que mudou o Natal, foi o nosso coração... ressalvo algumas pessoas, pois não há regra sem excepção.

Mas não estou a criticar, o consumo exagerado numa crise tão falada, sabem lá o que se passa com tantos que têm... nada!

Diziam-me quando era menina, que neste dia nasceu Jesus, aquele que por nós viria a morrer pregado à cruz e eu, até acreditava, outra coisa não julgava. E neste dia sem igual, eu esperava de Jesus, um presente de Natal.  E o tempo foi passando, também segui caminhando e dei comigo pensando:

Porque será que Jesus não dá a todos igual?... Não é para todos este dia de Natal?...

E foi assim que um dia, soube com desilusão, que afinal esse Jesus, não dá prendas a ninguém, quem as compra é nosso pai, conforme as posses que tem. E assim perde o encanto, baseado em falsidade, porque não dizem às crianças a verdade? E o tempo foi passando e eu também caminhando e mais uma vez dei comigo pensando:

É tão bom ser-se criança, acreditar em milagres, acreditar no Natal e em Jesus Menino, para quê quebrar o encanto? Deixá-lo ser pequenino...

E festejei o Natal de forma um pouco mais crente, constitui Família, senti o Natal diferente... Era dia de juntar todos no mesmo lugar, de abraçar quem estava ausente e vinha juntar-se a nós, os pais , os avós...

E o tempo foi passando e eu segui caminhando, agora neste presente, também é um Natal diferente, com família mais ausente...

Mas é Natal, tal e qual como antigamente, porque este dia será para mim, sempre...

UM DIA DIFERENTE...

 

Que haja luz em todos os corações, que o Natal seja para todos a seu modo, um dia de Partilha, de Amor e de Paz.

 

Esta semana não virei aos blogs. Voltarei para vos desejar um Bom Ano. Um abraço para todos. Rosinda


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:08

Bom fim de semana

por Rosinda, em 09.12.11

TUBE

A arte é uma flor nascida no caminho da nossa vida, e que se desenvolve para suavizá-la.

Arthur Schopenhauer

BOM FIM DE SEMANA PARA TODOS

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:39

O fado... "Santa do fado" (2)

por Rosinda, em 30.11.11

Ercília Costa (Costa de Caparica, 1902 - 1985) foi uma actriz de revista, compositora e fadista portuguesa. Foi a primeira fadista portuguesa de projecção internacional, a primeira a fazer uma digressão no estrangeiro. Popular na primeira metade do século XX, tempos em que recebeu as alcunhas de "Sereia peregrina do Fado", "Santa do Fado" e "Toutinegra do Fado", o seu nome é hoje pouco recordado, visto que as gravações discográficas que realizou são anteriores à década de 1950, altura em que o disco gravado começou a popularizar-se em solo luso. Aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:10


"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada