Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nem sempre, mas por vezes...

por Rosinda, em 07.01.14
https://c1.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/oc91558df/16479564_jPvPE.gif

Parar não é interromper. Muitas vezes continuar é que é uma interrupção.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:02

Que seja um bom fim de semana para todos...

por Rosinda, em 24.10.13
https://c1.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/od902ba9d/15885492_zCtCo.png

"Uma pessoa é capaz de brincar sem ser criativa....

Mas certamente não pode ser criativa sem brincar."

 

BOM FIM DE SEMANA (apesar da chuva)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:20

Ontem...

por Rosinda, em 25.09.13
https://c1.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/obd014a8c/15760842_N8Znj.jpeg

Ontem chuviscou... adorei o cheiro a terra molhada. Olhei para o céu, o sol recusava ir embora e fazia brilhar as pequenas gotas de chuva... Bem gostaria de ter sido brindada com um arco-íris, mas não apareceu.  A noite chegou e encontrou-me nostálgica e só. Acendi a luz...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:06

Pois é...

por Rosinda, em 11.04.13

Há muito tempo que não falo de mim, na falta de coisas novas e interessantes, tanto positivamente como negativamente. A minha vida é de facto uma vida carregada de rotinas. O tempo, que por esta altura devia ser primaveril, anda triste , sempre com a (lágrima) chuva a cair, a humidade já é tanta que parece que os ossos rangem a cada movimento é: Trec para a esquerda troc para a direita, ao centro?.. Bem... aí não acontece nada! Hehehe!

Hoje resolvi escrever porque se passa algo de novo, repetida durante 59 anos, entra agora a minha vida no ultimo ano da vida com CU... é verdade! Senão vejamos:

-Depois dos quarenta todos nos queixamos... é pá, já sou (qu)arentona! E passados dez anos, aos cin(qu)enta então... é só reclamar da velhice. Depois, bem... depois é que são elas!

Hoje faço cinquenta e nove anos certo? Ainda tenho portanto cin(qu)enta, daqui por um ano com sessenta?... Já não tenho cu nem nada!!!

 Como é inevitavel que os anos passem, em todos eles aprendi e não quero que me tirem nenhum, portanto:

PARABÉNS A MIM!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:44

Coisas minhas...

por Rosinda, em 23.01.13

 Dias de chuva, frio e muito vento, Inverno na sua verdadeira essência. Na verdade cada vez gosto menos desta estação do ano, talvez porque de alguma forma choca com o meu Inverno da vida...

Esta árvore enorme, traz-me preocupada; O prédio que se vê por trás, tem nove andares, cada andar tem dois metros e meio de altura. Portanto ...{#emotions_dlg.unknown} 2.50x9=22.50 Se contar a altura que nitidamente ultrapassa o prédio, esta senhora árvore deve ter cerca de trinta metros! Altíssima!!!

Está mesmo virada para o quarto da minha filha e o medo que caia, tira-me o sono. Em tempos já caíram algumas, o que levou à retirada de outras pela Câmara. Cresceram demasiado em relação à grossura e tornaram-se um perigo. Porem, esta ficou. Tenho de confiar no Eng.. que diz que está segura e não inspira cuidados...

Bem, mudando de tema: Alguém se lembra que comecei a fazer um casaco de malha para a minha filha? Pois é... parece que afinal as minha mãos foram operadas em tempos, mas doem muito a tricotar. Então o casaquinho vai sendo feito, mas devagar... Hei-de acaba-lo e vai ficar lindo!

 

Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha.

Confúcio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:01

Que a chuva não seja impedimento, para um fim de semana prazenteiro...

por Rosinda, em 18.01.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:47

Para mais tarde recordar...

por Rosinda, em 25.04.12

Dia de chuva, de muita chuva. Nem sai de casa e passei o dia de roupão enfiado. É que está muito frio... nem parece que estamos quase no fim de Abril.

Ou melhor, hoje é dia 25 de Abril e como disse no post anterior o meu neto Gabriel fez 14 anos. O lanche foi cá em casa e deixo o registo , para mais tarde recordar...

Os meus pais não vieram, porque tinham frio e porque hoje receberam a visita dos meus irmãos. Comigo estão todos os dias...

 

Mãe e filhos...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:46

Chove lá fora e chove no meu coração.

por Rosinda, em 08.11.10

 

A chuva cai, suave de mansinho e eu lembro de quando era criança. Como eu gostava de sair para a rua e sentir a chuva picar-me o rosto. Molhar-me os cabelos grandes que depois abanava , sacudindo a cabeça. Lembro minha mãe a ralhar; Maria! Vais ficar doente...

Talvez se o fizesse agora ficasse doente, mas nessa altura era jovem, cheia de saúde.

Esta noite dormi  muito pouco. A chuva com seu murmurar suave, fez-me companhia. Farta  de estar na cama , levante-me e vim para o meu cantinho. Sentada na minha confortável cadeira, deixei-me estar calmamente e continuei a ouvir a chuva que ainda cai lá fora. O cesto dos papeis contem demasiados pacotes de tabaco vazios, ando realmente a fumar demais, pensei.

Na noite anterior a esta, minha mãe descompensou completamente, ligou-me várias vezes durante a noite, crises medonhas de pânico fazem-na acreditar que a querem matar no hospital. Ontem a esta hora estava eu a caminho do hospital para tentar que se acalmasse. Não consegui...

Recusava os medicamentos e os alimentos. Depois de vista pelo médico, lá conseguiram que ela deixasse aplicar a injecção e tomasse o resto. Comer, mal comeu. Já rebentou três pontos com tanta agitação e tem a parte superior da perna completamente negra. Ontem disse-nos que ia morrer à meia noite se não assinarmos o termo de responsabilidade para sair do hospital. Gostava de poder ter passado a noite com ela, mas não é permitido. Telefonou-me por volta da onze horas de ontem ; Não tenho nem vestígios de sono ... disse. Mas já não falou da morte. Esta noite foi longa para mim. Espero que hoje ela esteja melhor.

É verdade que tudo isto são coisas normais, o fim da caminhada talvez se aproxime e deveríamos aceitar naturalmente o fim da vida. Mas isso são palavras, as tais palavras bonitas... mas que se distanciam muito da realidade.  Porque a realidade é que sofremos quando sentimos que estamos perto de perder quem amamos e ninguém está preparado, por muito que tente. 

Chove lá fora e chove no meu coração.

 

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:07


"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


tradutor

Site Meter

Pesquisar

Pesquisar no Blog  




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Obrigada pela visita


análise web site


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada