Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

EU

por Rosinda, em 28.05.10

 

Cada passo, cada caminho trilhado na minha vida, trouxe com eles uma infinidade de conhecimentos. Quando escolho seguir por um caminho, penso que estou no caminho certo. Todos assim fazemos, penso eu. Ninguém escolhe deliberadamente o caminho errado.

E qual de nós já não sofreu desilusões...? Mas só acontece porque demos guarida à ilusão, não demos atenção aos sinais. Então quando acaba uma relação, seja de amor ou amizade, aprendemos... ou não...  Eu já aprendi alguma coisa, mas ainda tenho muito que aprender, portanto não me fecho a novos caminhos, sempre sendo eu mesma, na procura do caminho certo.

Não vou fazer juízo de valores, vou deixar que a vida siga o seu curso. Nada acontece por acaso.

Neste momento sei que tenho um nó na garganta que não me deixa engolir... mas passa, sei por experiência própria. Não sou mais nem menos que qualquer ser humano, salvaguardando claro as  "classes" a que muitos dão importância e eu não.

Espero que o tempo a quem às vezes chamo; "senhor da razão" me mantenha sempre a esperança  e a fé no meu semelhante. 

 

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20

O brilho do sol...

por Rosinda, em 14.03.10

   

Já se sente o cheiro a Primavera. Entra pela janela agora aberta, um sol radiante.

 Eu adoro a Primavera, costumo sentir-me revigorada em  dias assim. Mas não está a acontecer, continuo metida em casa a ver a vida a passar... O sol que antigamente me impelia a sair que sorria para mim... parece que mudou, já não o vejo sorrir assim. Cada vez saio menos e cada vez tenho menos vontade de sair. A minha amiga, única sem ser virtual e que aqui no blog trato por "Joana" Já falei dela várias vezes... é da minha idade, viúva. Volta e meia lá íamos tomar um café, ao sábado... porque ela ainda trabalha. Esteve bastante tempo sem dar notícias e eu remeti-me ao silêncio também. Julgava eu... (idiota) que ela não estava para ouvir sempre as mesmas lamentações. Telefonei-lhe...  veio ontem falar comigo, foi operada duas vezes á tiróide e tirou um tumor maligno...  evitou dizer-me para não me fazer sofrer ainda mais. E eu a pensar disparates! Nós seres humanos somos imperfeitos e eu não fujo á regra.

Agora a minha amiga não tem tiróide, nem pode ainda fazer tratamento durante um mês.

Sente-se cansada e está com muito medo... e eu nada posso fazer, a não ser tentar animá-la...  Animá-la... grande treta! Ainda há pouco me lamentava com ela do meu filho, que infelizmente teve  cancro... o marido e irmão dela morreram de cancro... como posso  dar-lhe força? Disse-lhe para ter fé.  Na verdade acho que tem mais fé na vida ela... do que eu!

Conclusão, mais um dia de sol, mais um Domingo bonito... a minha amiga até gostaria de sair e não pode... e eu estou feita parva a remoer uma vida e um passado... em vez de aproveitar o presente e brilhar para o sol , como ele brilha para mim.

 

Rosinda

 

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.

Charles Chaplin

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:39

VERSITOS AO MEU FILHO MIGUEL

por Rosinda, em 30.09.09

                

Calmo e sereno... expressão tão triste...

Fechado no teu mundo? Pode ser...!

 Das conversas longas, sempre prescindis-te

 Sempre foste assim... sem nada p'ra dizer...

Quando pequenito... deixava de te ver...

Não precisava de muito procurar...

Ias p´ra debaixo de uma mesa qualquer...

E assim gostavas de adormecer...

Ainda és assim ...

Muito falei... quis conhecer, esse mundo...

 Em que te fechas, sem palavras...

 Até que me convenci, depois de tudo...

Que tu eras assim... e não mudavas...

Vives agora momentos ...

Duros que a doença te deu...

Mas sei dos teus sentimentos...

Porque só de um olhar teu...

O meu coração de Mãe...

Bem depressa entendeu...

Angustia mora cá dentro...

Mas fé não posso negar...

Sem ela não há alento...

É preciso acreditar...

Já me alongo nas palavras,

P'ra alguém pouco falador...

Basta-nos um simples olhar...

Para falarmos de Amor...

 

Rosinda

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:37


"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada