Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Parabéns Cíntia (É tão bom ser pequenino)

por Rosinda, em 01.12.11

 

Hoje a minha neta faz treze anos. Nasceu em França. Achei interessante que tivesse nascido num dia Feriado em Portugal, O DIA DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA.
Foi um dia histórico, em que o D. João, Duque de Bragança, se uniu à conspiração para se libertarem dos Espanhóis , que eram quem praticamente governavam Portugal.
Agora, passado meio século, apaga-se a história e vai deixar de ser feriado... 
E eu aqui da minha janela, mais uma vez digo: Triste fado...
 
Para ti minha querida Cíntia, os meus votos de um dia muito feliz. Deixo-te aqui um fado, bem antigo e que tenho quase a certeza que nunca ouvis-te. Dá atenção à letra, que é muito bonita.
Um beijinho com carinho e, MUITOS PARABÉNS!

 

Continuando a minha homenagem ao fado: 

João de Oliveira e Costa Braga (Lisboa, 15 de Abril de 1945) é um fadista português.

Natural do bairro de Alcântara, estreou-se em público aos nove anos, como solista do coro do Colégio de São João de Brito. Em 1957 a sua família mudou-se para Cascais, vila onde começou a cantar em casas de fado amador. Em 1966 abandona a Faculdade de Direito de Lisboa. É também nesse ano que Alfredo Marceneiro, à mesa da casa de fados Tipóia, lhe dita a glosa de Carlos Conde É Tão Bom Ser Pequenino, que ele viria a gravar em Dezembro. Ver aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:27

O fado... "Santa do fado" (2)

por Rosinda, em 30.11.11

Ercília Costa (Costa de Caparica, 1902 - 1985) foi uma actriz de revista, compositora e fadista portuguesa. Foi a primeira fadista portuguesa de projecção internacional, a primeira a fazer uma digressão no estrangeiro. Popular na primeira metade do século XX, tempos em que recebeu as alcunhas de "Sereia peregrina do Fado", "Santa do Fado" e "Toutinegra do Fado", o seu nome é hoje pouco recordado, visto que as gravações discográficas que realizou são anteriores à década de 1950, altura em que o disco gravado começou a popularizar-se em solo luso. Aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:10

O fado... DA FADISTA NEGRA

por Rosinda, em 29.11.11
 

O fado é hoje Património Imaterial da Cultura. Todos ficamos contentes, pois é um louvor para o nosso País. Sendo que tantos nem gostam (ou têm vergonha de assumir que gostam) . Eu gosto de fado e por isso a partir de hoje e durante algum tempo, vou fazer alguns posts relembrando as (os) fadistas menos conhecidos. Fado não é só Amália, GRANDE SENHORA DO FADO, mas não a única.

 

Hoje a minha homenagem vai para a Ana Maria ( A fadista negra) Faleceu no Domingo passado aos 59 anos . Natural de Angola e de raça negra, cantava com alma o fado Português, porque o fado está na alma e não na raça.

 

Que descanse em paz...
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:27


"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada