Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Parabéns a toda a equipa do sapo

por Rosinda, em 04.11.13

 Não sei quem são, mas por vezes têm uma paciência de Jó.

É certo e sabido que não são sapos, são gente. Parece que por vezes nos esquecemos disso.

Confesso que os destaques por vezes ... enfim! Mas não interessa, hoje o destaque é vosso.

Então muitos parabéns por estes 10 aninhos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:37

Pois é...

por Rosinda, em 11.04.13

Há muito tempo que não falo de mim, na falta de coisas novas e interessantes, tanto positivamente como negativamente. A minha vida é de facto uma vida carregada de rotinas. O tempo, que por esta altura devia ser primaveril, anda triste , sempre com a (lágrima) chuva a cair, a humidade já é tanta que parece que os ossos rangem a cada movimento é: Trec para a esquerda troc para a direita, ao centro?.. Bem... aí não acontece nada! Hehehe!

Hoje resolvi escrever porque se passa algo de novo, repetida durante 59 anos, entra agora a minha vida no ultimo ano da vida com CU... é verdade! Senão vejamos:

-Depois dos quarenta todos nos queixamos... é pá, já sou (qu)arentona! E passados dez anos, aos cin(qu)enta então... é só reclamar da velhice. Depois, bem... depois é que são elas!

Hoje faço cinquenta e nove anos certo? Ainda tenho portanto cin(qu)enta, daqui por um ano com sessenta?... Já não tenho cu nem nada!!!

 Como é inevitavel que os anos passem, em todos eles aprendi e não quero que me tirem nenhum, portanto:

PARABÉNS A MIM!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:44

Parabéns Rodrigo!

por Rosinda, em 22.12.11

Eu tinha dito que só voltaria para desejar bom ano a todos, mas, porque este amiguinho faz anos resolvi deixar-lhe aqui os meus votos de muita felicidade, junto com os seus pais e amigos.

Porque o blog que a mãe abriu, se refere essencialmente a ele, vê-lo crescer, através do que escreve, faz dele um amiguinho muito especial.

Com votos de que tudo corra muito bem e que a felicidade impere na vida do Rodrigo, hoje e sempre, deixo um beijinho para ele com muito carinho.

 

 
 
 

Renovo os meus votos de FELIZ NATAL para todos, volto para a semana...

Rosinda 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:34

Uma Flor, uma tão simples flor....

por Rosinda, em 06.12.11

zzzzzz.... atchim! Flor....? Ó Dida...?   Para ti uma flor, queres?

 Sabes... Eu gosto muito de ti!

 

Que a vida te presenteie com tudo de bom.

Muitos Parabéns!

Um abraço aqui da amiga: Rosinda

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:32

Feliz Aniversário Carla e Adélia

por Rosinda, em 11.07.11

Hoje duas flores do meu canteiro fazem anos, então cuidadosamente as acarinho com a minha amizade e votos de que a vida lhes traga tudo o que merecem.

 

 

 

 CARLA (lua do céu) E ADÉLIA(rodrigando) QUE HOJE FAZEM ANOS,

VOTOS DE UM DIA CHEIO DE COISAS BOAS... PARABÉNS!

 

Grande abraço e muitos beijinhos.

Rosinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:26

PARABÉNS AMIGA MARTA M.

por Rosinda, em 28.05.11

Por vezes ando um pouco à toa, e de momento estou a passar por uma fase menos agradável, sei que os caminhos da vida têm pedras, mas eu lá sigo o meu rumo sem perder o tino e mantendo o coração aberto embora demasiadas vezes decepcionado, até comigo mesma...

Devia ter feito este post de manhã, seria hipocrisia se dissesse que me lembrei ou  sequer me passou pela ideia que alguém, por quem tenho um carinho especial  fazia anos hoje.  Agradeço ao meu sexto sentido que me fez aperceber disso e embora com atraso, mandar a esta Amiga um grande beijinho.

Que neste e em todos os dias a vida te gratifique pela maravilhosa pessoa que és. Desejo-te tudo de bom.

 

 PARABÉNS MARTA M.

 

Rosinda 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:58

Partilhar bons momentos

por Rosinda, em 07.04.11

 

Mais novo que eu 15 anos, o meu irmão David é "quase" mais um filho para mim. Aqui a receber os parabéns no telemóvel do meu filho David, que é também afilhado.

Já o meu pai se chama David, penso que será um nome que correrá gerações vindouras.

 

O meu irmão a mulher e a filha

 

 

O amor e a ternura

 

 

 

Os irmãos mais novos... e a "mana velha", eu.

 

  

Festejar mais um ano

 

 

Um brinda à vida e... haja saúde!

Parabéns meu irmão!

 

Rosinda

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:12

Tristeza e alegria de mãos dadas...

por Rosinda, em 21.11.10

 

 

Nasceu a 22 Novembro de 1976. Devia ter nascido no início do mês, mas recusou-se fazê-lo. Eu fui internada no hospital no dia 12, para ser vigiada.

No dia 14 o meu Alexandre fazia seis anos e eu pedi para ir passar esse dia com a família. Saí do hospital de manhã e teria que estar de volta até às 21 horas. Fui para casa da minha mãe, onde estavam meus dois filhos e meu marido.

O dia correu normalmente, festejamos o aniversário do Alexandre e estávamos contentes. 

No fim da tarde deitei-me um pouco, estava cansada. Os meus filhos  brincavam em casa com o tio David, meu irmão, que fazia só dois anos de diferença na idade. Mas...a vida tem tido muitos mas... e nesse dia eu sofri um duro golpe. O Alex. resolveu sair disparado para a rua, para comprar "cromos" e caiu no meio da estrada. Ao levantar-se, foi colhido por um carro e arrastado cerca de cinquenta metros. Eu fui acordada pelo meu irmão, que me gritava: O Xana morreu!

Não chorei, apenas  não queria acreditar... quando o vi dizem que uivei como animal ferido de morte, não me lembro.

Fomos os dois para o hospital. Alguém me afastou dele enquanto era assistido. Só me levaram a vê-lo, para me despedir dele... ia para o Hospital de S. João no Porto. Estava inanimado e eu só me lembro de ouvir o médico dizer ao condutor da ambulância: Vão com o máximo de velocidade possível, a criança está muito mal.. ouvi a sirene e nada mais... entrei em estado de choque.

O bebé não nascia e eu não tinha vontade de nada a não ser ver o meu menino. Foi uma semana terrível. O meu filho esteve em coma três dias.

Foi depois operado e tiraram-lhe um rim que tinha sido desfeito. Descrever todo o meu sofrimento é impossível. Mas dizia a todos que sabia que ele se salvaria. Tinha uma Fé enorme... mas tinha um medo maior ainda.

Fizera-me o parto à força e a minha menina, nasceu a ferros e ventosa e com uma enfermeira de joelhos na minha barriga. Ainda hoje penso como sobreviveu a tal coisa... ela e eu...!

Deus tinha-me dado a sonhada menina, linda... lourinha e também de olhos azuis, mais claros que os do irmão. Gordinha como todos os meus bebés.

Entretanto eu soube que o meu filho estava fora de perigo e tinha bebido o primeiro copo de leite. Pela primeira vez desde o acidente, chorei ...

chorei muito...! Uma filha nascia e o meu filho renascia! Graças a Deus!

Passou muito tempo, o Alexandre ficou bem e apesar de ter perdido um rim, festejou quarenta anos no passado dia 14 e a minha filha a quem chamei Maria em homenagem à Virgem Nossa Senhora e Glória que é o nome de minha mãe, festeja amanhã 34 anos.

Hoje talvez porque estou como o tempo...(chuvoso) lembrei todo este mau bocado. Mas lembrei também um velho ditado; "Atrás da tempestade vem a bonança". Amanhã, darte-ei os parabéns, minha filha.

Hoje apenas lembrei que, a bem aventurança de ser mãe, foi o melhor que me aconteceu na vida.

E hoje eu vi este arco-íris aqui da minha janela... Há muito que não via nenhum. Mas há sempre um arco-íris quando chove... 

 

Rosinda

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:59

Feliz aniversário Alex.

por Rosinda, em 14.11.10

 

 

 Novembro de 1970, sexta feira, dia 13. Seria um dia azarento? Nem pensava nisso, apenas era dia de ir ao cinema e eu tinha algumas dúvidas se devia ir. É que estava grávida do meu primeiro filho, de tempo acabado, o médico tinha dito que o bebé nasceria a qualquer momento. Mas eu queria tanto ver os Boinas Verdes... Vivia em Lisboa, mais precisamente no Lumiar. O Cinema não era longe, sentia-me bem, lá convenci o meu marido e fomos.

Durante o filme senti umas dores de barriga, mas nada de especial. O filme acabou por volta das vinte e três horas. Nessa altura as dores já eram mais fortes. Resolvemos então, que já não ia a casa, fomos directos para o Hospital de Santa Maria.

Fiquei internada, estava em trabalho de parto. Ficar sozinha no hospital causou-me  um medo terrível. Tinha dezasseis anos, embora já tivesse casado quase há um ano, não tinha maturidade suficiente para viver o nascimento de um filho. Meus pais tinham ido para Angola, a pouca família que vivia relativamente perto (Paio Pires) eram uns tios. Senti-me desamparada.

Vesti a roupa que me mandaram , que consistia numa bata muito curta, mas não me deitei como me mandaram. Passeava de um lado para o outro do quarto e só dizia; Hoje é sexta feira 13, espera um pouco bebé... espera para amanhã. E passeava, como sempre fiz e faço, quando estou extremamente nervosa. Só me apercebi da minha ridícula figura, quando um médico que passava a rir me disse:

Bonitos trajes para andar a passear de um lado para o outro, sim senhor...! Lol...

Meu filho não nasceu no dia 13. Nasceu no sábado, dia 14  às sete e vinte da manhã.

Contar aqui as peripécias de uma menina de dezasseis anos, que resmungou com todos os médicos , durante os quinze dias que esteve no hospital, faria deste post um enorme relato. Queria  o meu filho sempre comigo  e antigamente os bebés só iam para junto das mães na hora de mamar. Eu passava o tempo a levantar-me e ir espreitar ao berçário, de cada vez que um bebé chorava achava que era o meu.

Era assim o meu primeiro filho com quinze dias.

 

 

 

PARABÉNS ALEXANDRE , DESEJO QUE FESTEJES A PRECEITO OS TEUS 40 ANOS DE VIDA...

MEU FILHO, ÉS JÁ UM QUARENTÃO, MUITO CHARMOSO DE OLHOS AZUIS, MAS QUARENTÃO!

ESTOU A BRINCAR FILHO, TENS UMA VIDA INTEIRA PELA FRENTE, QUE TE DESEJO CHEIA DE FELICIDADE, AO LADO DA TUA MULHER E FILHOS. 

MIL BEIJOS CHEIOS DE AMOR E CARINHO.

 

 

Rosinda

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

PARABENS DIANA! (Maria das Quimeras)

por Rosinda, em 27.09.10

Foste das primeiras e ainda estás aqui,

Presente ...? Sim! Quando preciso de ti...

Por isso eu te agradeço,

E estas rosas te ofereço...

.......................

 

Parabéns!

........


Rosinda (onix das rosas)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:13


"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela." (Fernando Pessoa)


Pesquisar

Pesquisar no Blog  




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Algumas das imagens deste blog são retiradas da Internet. Se alguma pessoa se sentir lesada por favor diga e será retirada